Motoristas e cobradores de ônibus vão entrar em greve geral dia 15 de março

10/03/2017 às 07:56.

O transporte coletivo de Curitiba vai parar geral em 15 de março pela campanha nacional “Todos contra o fim da Aposentadoria”. O movimento nacional, criado no Facebook há menos de uma semana, já tem 55 mil seguidores. Desde segunda, os motoristas e cobradores de Curitiba vêm aprovando adesão à causa, em assembleias lideradas pelo Sindimoc (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana). Em todas elas, a aprovação foi por unanimidade, com indicativo de greve para o dia 15 de março.

As assembleias foram realizadas nas viações Redentor, Expresso Azul Filial, Araucária Filial, CCD, Sorriso, São José dos Pinhais Matriz, Viação do Sul, Santo Antônio, Glória e, hoje, São José Filial (foto). Essas são as maiores empresas do setor e têm cerca de oito mil motoristas e cobradores, o que representa a maioria da categoria. Além de paralisar geral na próxima quarta-feira (15), os trabalhadores vêm manifestando interesse em ir para Brasília/DF, em caravana, pressionar os parlamentares.

Motoristas e cobradores estão revoltados com os efeitos da PEC 287-16, que, na prática, vai deixar 70% dos brasileiros sem aposentadoria.

Outras categorias

Outras categorias já aderiram à campanha Todos contra o fim da Aposentadoria, como metalúrgicos, professores e bancários. Todas elas vão paralisar geral em 15 de março. Também será realizado um ato público pela manhã, com local e hora a serem definidos. E ainda na quarta-feira, centrais sindicais e frente de entidades de carreira pública (Amapar, APMP, Amatra, ANPT, Sindicontas, entre outras) realizam Audiência Pública, às 10h, na Assembleia Legislativa do Paraná.

Via: Bem Paraná