Menino presta socorro a cachorrinho e donos de comércio realizam seu sonho

11/10/2018 às 09:31. Comente esta notícia!

Uma cena que acalentou os corações de todos em Caldas Novas aconteceu no dia 4 de outubro quando um menino que parecia estar voltando da escola retira de dentro de sua mochila até uma farmácia, a Drogaria Popular, onde havia suporte de água e ração para ele se alimentar.

Mas a cena não acaba ai. Logo depois, o menino que ficou conhecido como João Gabriel se despede do animalzinho com carinho e até chora ao deixá-lo.

Felizmente, ao perceberem o ocorrido, os comerciantes da farmácia procuraram Josiel Barbosa, que mantém um projeto capaz de ajudar cachorrinhos de rua a conseguir água e alimentos por meio de comércios espalhados pela cidade, para resgatá-lo. Não demorou até que o pobrezinho fosse levado para o abrigo e recebesse o tratamento adequado, sendo adotado logo depois.

Depois do caso, Josiel decidiu que deveria agradecer ao menino pela atitude comovente prestada ao cachorro. Ao lado dos comerciantes, ele conseguiu o contato e informações da família de João pelas redes sociais. Não demorou até que descobrissem o sonho do garoto: ganhar tênis novos para ir à escola e um tablet para jogar joguinhos. Rapidamente, a farmácia e Josiel transformaram aquele desejo em realidade. E olha que o homem ainda pretende dar uma nova mochila com rodinhas, também desejada por João.

Há três anos Josiel ajuda os cachorrinhos dedicando tempo resgatando e cuidando de cada um deles pelas ruas precárias da cidade, castrando, dando comida, vermífugo e, claro, encontrando um lar para eles. São dois abrigos no total, com 145 cachorros à disposição para serem adotados. O problema é que a conta de Josiel não fecha. Sem a ajuda do governo, ele possuí uma dívida de R$12.000. Por isso, os animais correm riscos sérios de ficarem sem comida e abrigo. O homem já chegou até a dar arroz e misturas para que eles não ficassem sem nada.

 

Caso queira adotar ou saber mais sobre o projeto, entre em contato com Josiel pela página do facebook ou pelo número (64) 9269-6197. E ai, o que você achou da atitude do menino? Precisamos de mais pessoas como ele, não concorda?!