Menino e cachorro com vitiligo se encontram e viram amigos

25/03/2017 às 14:03.

Com oito anos de idade, Carrie Blanchard foi diagnosticado com vitiligo, doença que altera a pigmentação da pele, e, desde então, sofre com a autoestima.

“Seu aparência estava mudando rapidamente. A primeira coisa que ele me disse quando entramos no carro foi que ele odiava o seu rosto”, disse Stephanie Adcock, mãe do garotinho, ao site Bored Panda.

Foi aí que uma esperança surgiu: o labrador chamado Rowdy. O animal, que foi diagnosticado com a mesma doença de Carrie, foi como uma luz no fim do túnel para a mãe do menino, que fez questão de promover um encontro entre os dois.

Via:cosmopolitan.abril.com.br