Menino de 12 anos faz campanha na web e leva moradores de rua ao cinema

28/03/2018 às 14:39.

Kauet Ramiro decidiu levar 20 moradores em situação de rua e vulnerabilidade de Araraquara (SP) para assistir ao filme “Pantera Negra”.

Uma simples ida ao cinema, que pode ser comum para muita gente, fez com que um adolescente de 12 anos de Araraquara (SP) despertasse o olhar para os mais necessitados.

E foi a partir de um questionamento que Kauet Ramiro decidiu levar 20 moradores em situação de rua e vulnerabilidade para assistir ao filme “Pantera Negra”. Para alguns, foi a primeira vez em frente às telonas.

A sessão foi na terça-feira (20). Kauet fez uma campanha nas redes sociais e, em duas horas, conseguiu o dinheiro para os ingressos, refrigerante e pipoca.

“Muita gente veio ajudar e no fim até sobrou dinheiro para montarmos o kit higiene com sabonete e pasta de dente”, contou o jovem.

Menino de 12 anos leva moradores de rua para cinema em Araraquara (Foto: Arquivo Pessoal/Ednan Dalle Piage )

Menino de 12 anos leva moradores de rua para cinema em Araraquara (Foto: Arquivo Pessoal/Ednan Dalle Piage )

Ideia

Tudo começou quando a mãe de Kauet, a artista plástica Márcia Camargo, conheceu o projeto Geladeira Comunitária em Araraquara.

Ela e os três filhos sempre deixavam marmitas no local. “No começo deste ano, fomos levar comida na geladeira e depois iríamos ao cinema. Meu filho questionou: ‘Imagina a quantidade de pessoas que nunca foi ao cinema?’”, lembrou Márcia.

Ela disse que depois disso o menino começou a correr atrás dos detalhes para tornar realidade o sonho de levar os moradores de rua ao cinema.

“Quando ele falou da ideia, eu disse: ‘Kauet, você tem 12 anos agora, então qualquer coisa que você queira fazer, faça’, porque eu tinha que correr atrás do nosso sustento e não poderia dar tanta atenção”, contou a mãe.

“O que me admirou foi a questão de ele superar a timidez e realmente ir atrás daquilo que queria concretizar”, explicou.

Kauet conseguiu até ônibus para levar os moradores de rua ao cinema em Araraquara (Foto: Arquivo Pessoal/Ednan Dalle Piage )

Kauet conseguiu até ônibus para levar os moradores de rua ao cinema em Araraquara (Foto: Arquivo Pessoal/Ednan Dalle Piage )

Preparativos

O garoto então entrou em contato com a equipe que trabalha no cinema do shopping de Araraquara. Ele conseguiu 50% de desconto nos ingressos.

Após conseguir o dinheiro com a campanha, ele entrou em contato com a prefeitura para viabilizar o transporte dos moradores até o shopping.

Estava tudo pronto, mas faltava encontrar os moradores de rua que seriam beneficiados. Foi então que Márcia e Kauet pediram para que o coordenador do projeto Geladeira Comunitária, Ednan Dalle Piage, os ajudassem. Ele conseguiu 12 interessados.

“Como era mês da mulher, avisei que era bacana levar as meninas da Casa de Acolhimento São Pio”, explicou Ednan.

Criança de Araraquara realizou sonho de levar moradores de rua ao cinema (Foto: Arquivo Pessoal/Ednan Dalle Piage )

Criança de Araraquara realizou sonho de levar moradores de rua ao cinema (Foto: Arquivo Pessoal/Ednan Dalle Piage )

Emoção

Na terça-feira (20), o ônibus pegou os moradores na Praça do Faveral, onde fica a geladeira comunitária, e seguiu até o shopping. Ednan, Kauet e a família dele foram juntos.

“Foi mágico, muitos choraram, eles se encantaram com o som e a imagem, teve gente que se emocionou. É gratificante, isso nos incentiva a cada vez mais trazer maneiras de ajudar o próximo”, relatou Ednan. “Eles adoraram, porque a maioria nunca tinha ido ao cinema”.

“Foi muito legal, eles ficaram muito felizes, passamos pelo shopping, eles entraram em todas as lojas, no final eles bateram palmas e disseram que foi o melhor filme da vida deles”, contou Kauet.

Para o menino de tamanho pequeno mas coração grande, a sensação que fica é gratificante. “Me sinto muito bem, só me toquei que consegui realizar isso agora quando eu estava pensando e percebi que foi um projeto até que grande”, disse. Ele pretende realizar a ação mais vezes.

*Sob supervisão de Fabio Rodrigues, do G1 São Carlos e Araraquara.

Via: G1