Menina que nasceu sem as mãos é bicampeã de caligrafia

01/08/2018 às 15:20. Comente esta notícia!

Veja a história de esforço, determinação e superação de Anaya Ellick, uma menina que não tem as duas mãos e mesmo assim venceu um concurso de caligrafia cursiva nos Estados Unidos.

Pela letra bonita, ela ganhou este ano o concurso ‘Nicholas Maxim para Excelência em Caligrafia Cursiva’.  Anaya venceu outros 50 estudantes de várias escolas americanas. Junto com o certificado de proficiência e um troféu, ela ganhou 1 mil dólares – pouco mais de  3,7 mil reais. A premiação foi em maio último. Ela ganhou o concurso pela segunda vez: a primeira foi quando ela estava no 1º ano, em 2016.

Fotos: Greenbrier Christian Academy

Muita gente se pergunta “como Anaya consegue?”

Ela  segura o lápis com o braço direito e usa o esquerdo para firmar a folha sobre a mesa, com o cotovelo.

A menina cursa o terceiro ano do ensino fundamental, na cidade de Chesapeake, na Virgínia. Ela é considerada pela professora Sarah Cannady um exemplo de superação para os colegas de turma, “e agora para todos nós”, diz. “Eu disse apenas que, sim’, eu poderia fazer isso”, contou Anaya, em entrevista para a WVEC-TV.

Chama a atenção o fato de que Anaya poderia usar próteses, não só para escrever, mas para outras atividades também.

A mãe da menina, Bianca Middleton, explicou a escolha da filha de não usar próteses. “Em vez de ajudá-la, atrapalhavam. Ela não queria usar e começou a aprender muitas coisas sem elas, como escrever e desenhar”, afirmou.

O colégio Greenbrier Christian Academy, onde Anaya estuda, parabenizou a garota na sua página do Facebook:

“O merecido primeiro lugar de Anaya nos lembra o que a determinação e o trabalho duro podem alcançar. Estamos bastante orgulhosos dela e de suas realizações. Parabéns Anaya por sua conquista, você inspira a todos!”, diz a publicação.