Menina de 7 anos é internada sem conseguir andar por brincar demais

07/10/2019 às 09:12.

Dá para acreditar que brincar demais pode deixar a criança sem andar? Foi isso que aconteceu com Lara, 7 anos. A mãe da menina, Renata Rode, disse que nunca pensou que a filha fosse ficar sem andar e seria internada usando uma cadeira de rodas por causa do excesso de brincadeira.

“Domingo levei minha filha no SESC para brincar na sala de ginástica ritmica e lá tinham vários aparelhos. Ela brincou neles por quase uma hora e depois por mais um tempo no parquinho que tinha trepa-trepa. Na segunda reclamou de dor nos braços e nas pernas e eu achei que era porque tinha brincado demais. Pensei que era igual quando nós vamos na academia e ficamos sentindo dor”, conta a mãe.

Na segunda-feira, a menina foi para a escola normalmente, mas na terça-feira tinha aula de educação física e reclamou bastante de dor. “Ela não tinha força motora ou muscular pra andar nem conseguia levantar da cama”, lembra Renata que teve que levar a menina no colo até o Pronto Socorro e lá ela precisou de cadeira de rodas. “Imagine o meu desespero”, diz.

No hospital fizeram exames e descobriram que se tratava de miosite infantil, inflamação dos músculos devido ao excesso de exercício. “Eu nunca tinha ouvido falar nisso. Quem tem filho precisa ficar sempre atento. O chefe da pediatria disse que esse quadro é comum em crianças “espoletas”. Se eu soubesse disso tinha limitado as brincadeiras”, fala Renata.

Lara ainda está internada e se recuperando e deve receber alta em breve. Segundo o pediatra Luzantonio Cassiano Ribeiro, do Hospital Presidente (SP), a miosite é uma inflamação dos músculos que causa o seu enfraquecimento, provocando sintomas como dor muscular e fraqueza. “A criança pode sentir dificuldade em realizar algumas tarefas como subir escadas, levantar os braços, ficar de pé e até andar”, explica o especialista

O tratamento é feito com o uso de corticoides e imunossupressores receitados pelo pediatra ou em ambiente hospitalar, em casos mais graves como o de Lara. A criança deve ficar por um período sem praticar atividade física, mas aos poucos deve ser inserida novamente no exercício regular, e sem excesso, para ajudar a manter a força muscular.

Segundo Luzantonio, os pais devem ficar sempre atentos aos excessos de brincadeiras ativas dos pequenos e, caso eles reclamem de dor, procurar um profissional. “Na realidade, a miosite é uma defesa do corpo, pois a inflamação vem como breque porque a criança não entende o limite e só chega em casa, dorme e depois reclama da dor”, diz o especialista.

A menina sentia dor e fraqueza e não conseguiu andar (Foto: Arquivo Pessoal)

Via: Revista Crescer