Ao Vivo

Menina de 14 anos desaparecida no Paraná é achada em cativeiro a 1 mil km de distância em Santa Catarina

3 de junho de 2024

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por g1

Uma operação conjunta da Polícia Civil resultou no fim ao cárcere privado de uma menina de 14 anos desaparecida desde 13 de maio na cidade de Toledo, no Paraná. Ela foi encontrada quase 20 dias depois, neste sábado (1º), em um cativeiro no município de Ermo, no Sul de Santa Catarina. Um homem de 42 anos foi preso.

A distância entre as duas cidades é de cerca de 1 mil quilômetros. Forças de segurança chegaram até o esconderijo onde a menina era mantida após cooperação entre policiais civis de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Com a descoberta, os agentes se deslocaram até cidade de Ermo, de apenas 2 mil habitantes, onde cumpriram os mandados de prisão e busca e apreensão.

A corporação informou que a vítima não tinha ferimentos, mas não detalhou o estado de saúde dela, nem as características do cativeiro.

A Polícia Civil de Santa Catarina não informou qual a relação entre a menina e o homem detido no cativeiro junto com ela. O suspeito foi encaminhado ao presídio de Araranguá, também no Sul catarinense. “Ele já possui histórico policial envolvendo fatos semelhantes”, disse a corporação.

Leia mais