Mariano mostra projeto de paisagismo em loft: ‘Sentia falta de natureza’

02/03/2017 às 11:24.

Por viver muito na estrada por causa da agenda de shows, Mariano, dupla de Munhoz, havia decorado a parte externa de seu loft, em São Paulo, com flores de plástico. Mas, nascido em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, o cantor sertanejo sentia falta de natureza viva. “Lá, eu moro em uma chácara. Então tem muito verde. Eu sentia muita falta disso quando eu vinha para São Paulo. Apesar da área do meu apartamento ser bem arborizada, aqui dentro de casa não tinha nada de planta natural”, comentou ele, que contratou a empresa Spagnhol para revitalizar o espaço. Em especial, a parte da cobertura, que conta com piscina e churrasqueira.

Murilo, paisagista responsável pelo espaço, explicou que para dar um novo ar ao local foram usadas plantas de clima desértico, como Dracaena draco e Yucca rostrata, além de Rosas do deserto, que são plantas de fácil cuidado para quando Mariano for viajar. Um paredão verde em cima da churrasqueira, colocado para dar privacidade ao ambiente, também foi formando por plantas de sombra, como Maranta e Triális.

Toda dedicação ao espaço se deve pelo carinho de Mariano pela área externa. “É meu canto preferido da casa. Rodei muito procurando apartamento em São Paulo. E o que fez eu me apaixonar por aqui foi justamente a parte de lazer. Gosto muito de fazer churrasco, receber amigos, e não consigo ficar muito fechado. Aqui é um apartamento, com segurança de prédio, mas com ar de casa”, afirmou ele.

Mas nem tudo é festa. Mariano confessou que, por ser um anfitrião frequente, recebe reclamações constantes dos vizinhos. Eles reclamam bastante, porque meu prédio é um pouco mais baixo (do que os que estão ao redor), então acaba ecoando muito. Tem que me controlar bastante com som. Tenho planos futuros de fechar ele para acabar incomodando menos”, conta.

Mesmo com a parte verde resolvida, Mariano segue com saudade de Campo Grande. “Sinto falta de tudo. Eu estou aqui há pouco mais de três anos, mas não pretendo ficar aqui o resto da minha vida. Quero esperar quando der uma tranquilizada na agenda, na nossa rotina. Acredito que dentro de uns três anos, mais ou menos, devo estar voltando pra Campo Grande de novo”, adianta ele.

Amor e família
De lá também é namorada de Mariano, Mariane Viapiana. Questionado sobre quando ela se mudaria para São Paulo para morar com o cantor, ele conta que ainda não há planos para isso entre o casal. “Eu vou para lá com mais frequência. Ela é farmacêutica do hospital universitário de lá, concursada. Trabalha de segunda à sexta-feira sem folga. Então eu que tenho que ir mais. É um pouco difícil, porque quando eu estou de folga, ela está trabalhando. Mas a gente vai conciliando, devagarinho vai dando certo”, afirmou.

O cantor revelou também o motivo de ainda não fazer planos para casamento e filhos. “Estou muito focado no meu trabalho nessa fase. Tem tempo, a gente não precisa ter pressa para isso. Se for para ser, vai ser. Não vou assumir uma mulher agora, uma família, sendo que não posso parar em casa, tenho que ficar viajando.”

Durante as férias, Mariano recebeu os pais, Tina e Rui, em casa. “Minha mãe que arruma tudo aqui. Tem que ficar brigando com ela, que ela vem para cá e fica mudando tudo minhas coisas de lugar (risos)”, se diverte o cantor, que tem um espaço em casa reservado para música.

“Esse canto aqui está desde o projeto do apartamento. Eu que desenhei. Aqui ficam meus instrumentos musicais, tem uma foto da gravação do nosso DVD do Camaro Amarelo na parede, alguns prêmios também que a gente ganhou, fotos pessoais, quadros, bastante coisa que ganho de fã..”, enumera ele, responsável pela decoração do apartamento de 140m², sendo 70m² de cobertura. O primeiro andar do loft, depois de um tempo, acabou ganhando portas de correr. “Vim morar sozinho, mas agora meu irmão está comigo. Então colocamos as portas para ter privacidade quando os dois estão em casa, porque o apartamento é todo aberto”, explicou.

Saltibum
De férias há quase um mês, Mariano segue sem pegar pesado na academia desde seu acidente no quadro “Saltubum”, do “Caldeirão do Huck”. Na ocasião, o sertanejo bateu a cabeça em um trampolim ao tentar executar um salto e levou dez pontos na cabeça.

“Até retornei para a academia após o acidente, mas você volta com muito mais restrições dos médicos, não pode malhar tão forte. Estou estabilizando ainda, porque a pancada foi realmente muito forte. Então, o médico pediu pra ficar uns quatro ou cinco meses sem fazer exercício físico pesado”, contou ele, que está sofrendo com a distância dos treinos. “Eu malho desde meus 15 anos de idade, faço outros tipos de esporte. Então está sendo muito difícil ficar sem fazer exercício.”

Prestes a lançar um DVD, alguns videoclipes e uma nova música de trabalho, Mariano conta que não mudou nada em sua rotina após o acidente. “Foi um sentimento de livramento. Claro que a gente toma mais cuidado com muitas coisas, mas não mudou nada, não. A não ser esses cuidados que estou tendo com a saúde, fazendo exames com mais frequência. Mas não deixo de fazer nada que gosto ou que quero por causa disso, não.”

Via: Ego