Mais de 20 entidades se unem na marcha das mulheres em Curitiba

07/03/2017 às 07:57.

Manifestação em Curitiba está marcada para as 17 horas de quarta-feira, o Dia Internacional da Mulher.

A próxima quarta-feira, Dia Internacional da Mulher, vai ser marcada em Curitiba por uma grande caminhada envolvendo mais de 20 entidades ligadas à luta e ao trabalho da mulher. O ato marcado na Capital acompanha um movimento mundial. O dia 8 de março deste ano será um dia de paralisação das mulheres em várias cidades do mundo. Além de protestar contra a perda de direitos da mulher, a manifestação em Curitiba ainda protesta contra a reforma da previdência e outras pautas locais.

O dia de paralisação e ato em Curitiba reúne o Coletivos de Mulheres do Sismuc, Marcha Mundial das Mulheres (MMM), Secretaria de Mulheres da CUT, União Brasileira de Mulheres(UBM), Marcha das Vadias de Curitiba, Coletivo Mais, Pastoral da Diversidade, Coletivo Alzira, Gulabi Antifa, Fetec, Promotoras Legais Populares (PLPs), Coletiva Tuíra, Sinditest, Coletivo Partida, Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Paraná (Sinsepar), Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Pinhais (Sinsep), Rede Mulheres Negras do Paraná (RMN-PR), CDMJ, Mulheres de Frases, Rede Feminista de Saúde (RFS), Coletivo Rua, representantes de alguns partidos políticos e de gabinetes de vereadores, entre outros.

O ato está marcado com concentração a partir das 17 horas na Praça Santos Andrade, em direção à Boca Maldita. No trajeto serão feitos sete paradas, com debates sobre o papel da mulher na sociedade e a diferença em relação aos homens, além da violência contra a mulher.

Via: Bem Paraná