Máfia da cidadania italiana é descoberta em Curitiba e 5 mil processos são cancelados

29/05/2019 às 21:06. Comente esta notícia!

O Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria da República no Distrito Federal instaurou um procedimento investigativo criminal sobre a atuação da máfia da cidadania italiana no Brasil. Criminosos estariam falsificando documentos obrigatórios para a obtenção da cidadania, num esquema que movimentaria 175 milhões de Euros (cerca de R$ 774 milhões) e já causou o cancelamento de 5.000 processos de cidadania. Outros 30 mil passaportes ainda podem ser cancelados.

A máquina utilizada pela quadrilha fica em Curitiba e por isso o processo passa para os cuidados da Procuradoria da República do Paraná. A medida foi tomada após o advogado ítalo-brasileiro inscrito na Ordem dos Advogados de Roma, Brasil e Portugal, Luiz Scarpelli denunciar a confecção de documentos falsos pela organização criminosa. “Em reposta e denúncia formal efetivada por mim, contra os malditos ‘coyotes’ e a ‘máfia da cidadania italiana’, o Procurador da República Cláudio Drewes José de Siqueira deu andamento a minha denúncia”, disse Scarpelli.

LEIA MAIS EM TRIBUNA DO PARANÁ