Mães precisam tirar férias sozinhas e ter tempo para si mesmas, diz a ciência

12/09/2019 às 09:03.
depresion posparto
globalmoments vía Shutterstock

Ninguém entende melhor as dificuldades de ser mãe do que outra mãe. Mas se ela é mãe e psicóloga, talvez entenda ainda mais. Nava Silton é uma psicóloga da Cornell University que fala muito bem sobre “férias de mães”: se você é mãe, ela recomenda tirar alguns dias de folga e ter um tempo só para você.

Mães devem tirar férias

bebe choro mamadeira
goodluz/Shutterstock

As férias para as mães não são apenas benéficas para a mulher, mas para toda a vida familiar. Aproveitar esse tempo para si mesma proporciona benefícios para a saúde mental, o que irá refletir positivamente também no contexto do lar.

Como uma profissional normalmente tem folgas para descansar do trabalho, a mãe também precisa tirar férias sozinha ou com as amigas, para descansar e aliviar o estresse do dia a dia. E, depois, voltar para casa renovada para enfrentar as responsabilidades que envolvem os cuidados com os filhos.

Afinal, ser mãe é um papel full time que não tem descanso: as mães vivem praticamente vivem em torno das necessidades dos filhos. E isso é mais importante do que suas próprias carências. Como mãe, você se coloca em segundo plano porque a prioridade é deles. Mas, a Dra Nava Silton acredita todas as pessoas precisam de tempo para si mesmas, e é fundamental entender isso quando você é ou se torna mãe.

Não há dúvida de que é um trabalho exaustivo. As mães equilibram os cuidados com as crianças e a ordem do lar e, trabalhando fora ou em casa, e isso pode se tornar uma tarefa interminável e estressante. Acrescente a essa ocupação algumas horas reduzidas de sono e você terá uma mãe não muito feliz, tentando balancear tudo da melhor maneira possível.

Muitas mães evitam descansar sem a família para impedir que tudo se torne caótico. Nesse caso, pode ser difícil abandonar a vida em casa, mas, com certeza, abrir mão deste controle pode ser benéfico. Você voltará com mais energia e disposição.

E os filhos também devem aprender que estar longe de sua mãe não é o fim do mundo, diz Silton: “É importante que as crianças percebam esse equilíbrio que, idealmente, precisa ser alcançado na situação familiar”.

Via: Vix