Ao Vivo

Mãe faz desabafo emocionante sobre luta do filho contra o câncer

23/02/2017 às 08:05.

“Ele é o meu sorriso, meu amor, a batida do meu coração. Ele também é minhas lágrimas, a minha dor no coração, minha preocupação”, escreveu no Facebook.

Na segunda (20), Jessica Medinger resolveu compartilhar com o mundo a história que ela e sua família estão enfrentando: com uma única foto, poderosa e desconcertante, a mulher do Texas, nos Estados Unidos, falou sobre a luta do filho de 10 anos de idade contra a leucemia.

Na mensagem que acompanha o clique, ela contou como precisa implorar ao menino, Drake, para comer vegetais e como ele dorme ao seu lado porque tem medo de morrer sozinho de madrugada.

Para todos que estão lutando contra o câncer e passando por sessões de quimioterapia. Para todos que estão enfrentando esta doença terrível. Esta foto foi tirada hoje hoje de manhã e, antes que vocês gritem ‘porque você publicou uma foto dele de fraldas, que indecência’, bom, primeiramente, ela não mostra mais do que uma sunga mostraria e, segundo, porque a vida nem sempre é politicamente correta e bonita, ela é real. A vida não é bonita, e o câncer pode destruir uma pessoa“, começa a mensagem publicada pela mulher publicada no Facebook da página Love What Matters.

003

Eu fiz esse clique hoje de manhã, após carregá-lo até o banheiro. Sim, ele está com uma fralda porque 75% do tempo ele não consegue controlar a sua rotina no banheiro. Ele está só pele e osso porque eu preciso implorar para que ele coma apenas uma ervilha durante o jantar, ou beba um copo d’água durante o dia. Ele dorme comigo à noite porque ele tem medo que algo aconteça, e tem medo de estar sozinho — e por ‘algo’, eu quero dizer morrer“, conta a mulher.

Eu preciso ter conversas no meio da noite com uma criança de 10 anos de idade, que está me perguntando que, se ele morrer, ele irá para o céu e verá o seu pai, já falecido, e eles poderão brincar juntos“, contou.

O desabafo continua, com a mulher falando sobre a experiência de ter uma criança com câncer em casa: “Ele está muito fraco para sair da cama, ou andar, e precisando ser carregado ou levado numa cadeira de rodas. Ele adormece quando alguém está falando com ele, porque ele está exausto. Este é ele, vomitado todos os medicamentos que eu dou para ele e deixando-o muito magro porque seu estômago está seco, com exceção da colherada de iogurte que eu dei para ele junto com as pílulas“, explica a mulher.

001

Ele precisou tomar 44 pílulas da quimioterapia em apenas 24 horas. Este é ele falando para mim ‘mãe, eu não vou conseguir, né?’. Este é ele não querendo ser tocado, porque machuca demais e ele precisa tomar morfina para aguentar mais um dia. Este é ele assustado e me dizendo que ele não viverá para ver seu 11º aniversário. Este é ele e eu, dizendo que eu continuarei lutando por ele mesmo quando ele não conseguir. Este é ele, eu e o nosso mundo“, diz a mulher na mensagem emocionante.

Ela termina o texto com uma homenagem: “Este é ele, Drake, ‘Joe Fedorento’, meu mundo inteiro. Desde que eu descobri que estava grávida e para sempre, ele foi o meu motivo para viver. Ele é o meu sorriso, meu amor, a batida do meu coração. Ele também é minhas lágrimas, a minha dor no coração, minha preocupação. Ele é a minha vida“, conclui. Até o momento, a mensagem já recebeu mais de 390 000 curtidas e foi compartilhada mais de 84 000 vezes. Confira: 

"For anyone battling cancer or enduring chemotherapy. For anyone going through this horrible disease. It is about to get…

Posted by Love What Matters on Monday, February 20, 2017

Após a publicação, Drake voltou a ser internado por causa de uma desidratação severa e provavelmente precisará de uma sonda para se alimentar. Esta, no entanto, é apenas a luta mais recente da criança contra o câncer: ele foi diagnosticado com leucemia em 2012. Ele já enfrentou transfusões de sangue e cirurgias, mas os efeitos mais debilitantes são causados pela quimioterapia — ele fica fraco, cansado, dolorido e não consegue se alimentar ou beber água após o procedimento.

Em março de 2016, ele entrou em remissão e não precisou mais de quimioterapia. Em abril de 2016, ele já estava jogando futebol normalmente — uma de suas grandes paixões além dos carros, que são responsáveis pelo seu apelido “Joe Fedorento”. Seis meses depois, no entanto, ele foi diagnosticado com câncer testicular e precisou recomeçar a luta. Agora, Jessica quer mostrar o quão corajoso e valente seu filho é. As informações são do The Daily Mail.

A família de Drake está pedindo ajuda aos internautas para pagar pelas contas médicas — para ajudá-los, basta clicar aqui.

Via: Veja SP