Ao Vivo

Mãe é presa suspeita de agredir e manter filha com esquizofrenia amarrada e desnutrida

11 de junho de 2024

Foto: Polícia Civil

Por g1

Uma mulher de 50 anos foi presa em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, suspeita de agredir e manter a filha amarrada e desnutrida.

A vítima tem 30 anos e é diagnosticada com esquizofrenia, conforme explica a delegada Claudia Kruger, responsável pelo caso.

“Ela estava vivendo em condições de abandono, além de apresentar visível estado de desnutrição extrema. Durante as investigações, levantou-se que por vezes ela era mantida acorrentada pela própria mãe, além de ser agredida fisicamente”, afirma a chefe da Delegacia da Mulher de Ponta Grossa.

A suspeita foi presa no sábado (8). A investigação foi iniciada após a vítima ter sido vista nua sozinha na rua, no dia 2 de junhoEla foi atendida pelo Samu e levada a um hospital da cidade, onde continua internada nesta segunda-feira (10).

Leia mais