Mãe de cadeirante desabafa nas redes sociais: “Essa vaga não é dele nem por um minuto”. Confira o vídeo.

23/01/2019 às 19:39. Comente esta notícia!

Não são raros os casos de motoristas que estacionam em vagas destinadas a idosos e deficientes. Cansada dessas atitudes desrespeitosas, a goiana Cejane Aires desabafou em um video publicado em suas redes sociais.

“Todos os dias eu tenho problemas com a vaga. Na porta da escola, virou tradição. Tem sempre alguém. Sem um pai de uma criança andante estaciona e ele sempre tem uma boa justificativa. Sempre tem uma boa desculpa. Essa vaga não é dele nem por um minuto. Nem só um instantinho,” diz a Cejane que é mãe de uma menina cadeirante, aos prantos.

Reprodução: Facebook/Arquivo pessoal

O relato foi gravado após Cejane ter tido um incidente, que queimou suas pernas, com uma moto estacionada na faixa zebrada que fica ao lado da vaga. A faixa serve como orientação para que seja respeitado um raio suficiente para que a porta do automóvel seja aberta totalmente, assim possibilitando o embarque e desembarque do passageiro ou motorista, portador de deficiência.

A multa para quem estacionada em vagas de idosos ou deficientes sem autorização é considerada infração gravíssima e a pena prevista é de uma multa de R$ 293,47, além de sete pontos na carteira de habilitação.