Mãe confisca eletrônicos dos 4 filhos e eles se vingam do jeito mais ingênuo possível

20/03/2018 às 09:05.

Mãe de quatro, Michelle Gigger contou do ocorrido no Twitter. O post viralizou e ela recebeu críticas

Na casa de Michelle: sexta à noite os aparelhos são liberados (Foto: Reprodução)
Michelle Gigger é uma professora e mãe de quatro: duas crianças de 8 e dois pré-adolescentes de 11 e 13. Para acabar com o problema das noites mal dormidas dos pequenos estudantes, que não largavam seus eletrônicos até altas horas da madrugada, ela baixou um decreto daqueles: nada de aparelhos ligados à noite. Mas, um belo dia, eles resolveram se vingar. E não poderia ter sido de um jeito mais divertido.
 (Foto: Reprodução)
“Recolho todos os celulares e iPads das crianças à noite e guardo no meu quarto. Noite passada esses pestinhas ativaram alarmes em horários diferentes durante toda a madrugada. Impressionada com a ingenuidade deles, e com o esforço de equipe. Estão todos de castigo, postou Michelle no Twitter, divertindo-se com o ocorrido.

Não demorou para que uma avalanche de adolescentes se manifestasse contra as regras da mãe. “Esse tipo de desconfiança só serve para criar crianças mentirosas e que não vão gostar de você no futuro”, escreveu uma delas. As discussões continuam desde o dia 13, data do primeiro post, que viralizou e já tem mais de 44 mil retuítes e 157 mil likes.

Michelle vem rebatendo um a um, e segue de bom humor. “’Por que você não deixa eles aprenderem sozinhos?’ Bem-vindo à sexta-feira à noite, quando eu deixo eles irem para a cama à noite com seus iPads e iPhones. (O wi-fi é desligado à meia-noite). Deixo que aprendam no fim de semana e não em dias de aula”, disse, mostrando a foto acima. “Amo minha mãe. Ela ficou sabendo do post e das reações venho recebendo e respondeu: ‘esses chorões teriam ficado chocados quando meus pais desligavam o rádio em casa às 19h30’”, foi outro post.

Via: Revista Crescer