Luana Piovani relembra traição a Rodrigo Santoro no carnaval: “Não voltei para casa dizendo que o amava”

15/02/2018 às 08:52.

A atriz foi flagrada aos beijos com um empresário em um camarote de Salvador em 2000

Luana Piovani abriu o jogo sobre infidelidade nesta Quarta-Feira de Cinzas em seu canal no YouTube.

A atriz contou detalhes da traição a Rodrigo Santoro feita durante o carnaval de 2000 em um camarote de Salvador, na Bahia. Na época, Luana foi flagrada aos beijos com o empresário Christiano Rangel, com quem ficou durante 2 anos após o rompimento com Santoro.

Constrangimento, na minha cartilha, é outra coisa. Essa foi uma história difícil de passar. Tive que lidar com essa situação de ser o casal 20 do Brasil e ter frustrado a fantasia de toda uma geração brasileira. Só a gente que dorme é que sabe onde aperta nosso calo. Uma coisa que as pessoas não entendem é que, dentro da minha infidelidade, eu fui muito fiel. Porque não voltei pra casa dizendo que o amava e continuei com ele. Eu simplesmente voltei para casa e disse: ‘Deu ruim. Estou apaixonada por outra pessoa. Vou partir’“, explicou Piovani.

A atual mulher do surfista Pedro Scooby comparou seu relacionamento com Santoro ao de Neymar e Bruna Marquezine da época. “As pessoas sofreram porque idealizavam esse casal 20. É como meio Bruna e Neymar, que todo mundo ama, idolatra, como se não fossem pessoas comuns e passassem dificuldades. As pessoas passaram dois ou três anos me julgando e me chamando de Geni [personagem da música de Chico Buarque que é apedrejada]. Então, essa parte foi meio chata. Mas, como eu estava vivendo uma paixão na minha vida, estava super feliz. Traí e iniciei uma relação que durou 2 anos. Não foi só uma trepadinha fulgaz“, desabafou.

Via: Revista Caras