Litoral do PR terá wi-fi gratuito e app para localizar postos de guarda-vidas

12/12/2018 às 08:51.

Quem está se programando para curtir o verão no Litoral do Paraná poderá contar com ferramentas tecnológicas gratuitas já a partir das próximas semanas. Durante os 80 dias da Operação Verão — que ocorre do fim de dezembro ao início de março — as praias do estado terão 118 pontos de wi-fi gratuito da Copel, e os visitantes poderão contar com um aplicativo que localizar postos de guarda-vidas e envia alertas de temporais. As novidades foram anunciados nesta segunda-feira (10) pelo governo estadual.

Foto: Pixabay

De acordo com a Copel, os pontos de internet poderão ser acessados em todos os municípios do Litoral, incluindo Paranaguá e Morretes. Os usuários deverão logar usando o Facebook, e terão 3MB de internet gratuita disponível. A companhia também irá instalar dois pontos de atendimento chamados de Estação Copel, que além de totens de autoatendimento para clientes, também terão atividades para os visitantes — incluindo o empréstimos de cerca de 20 bicicletas elétricas e patinetes elétricos, que poderão ser usados durante 15 minutos.

Já o aplicativo para localizar os postos de bombeiros na praia se chama Bombeiros Paraná. Apesar de ter sido lançado em 2016, recebeu atualizações importantes nas últimas semanas, e agora avisa não apenas sobre a balneabilidade, mas também sobre a chegada de raios, chuvas, vendavais e cabeças d’água, dependendo da localização do usuário. O app está disponível para sistema Android e iOS.

Outras ferramentas de tecnologia que irão auxiliar a Operação Verão são os drones, adquiridos recentemente pela Polícia Militar do Paraná. Os aparelhos devem ser operados também pelo Corpo de Bombeiros, e irão ajudar o monitoramento de praias, buscas no mar e prevenção de afogamentos.

A operação

Com últimos detalhes definidos nesta segunda-feira (10), a Operação Verão desta temporada começa no dia 21 de dezembro, e vai até o dia 10 de março. De acordo com o governo do estado, a operação será uma das mais longas dos últimos anos, com 24 dias a mais do que na edição anterior. O motivo é a data do carnaval, que em 2019 acontece mais tarde.

A ação irá mobilizar 2200 profissionais do estado. Entre eles, encontram-se policiais, bombeiros, profissionais das áreas de saúde, saneamento, limpeza de praias, Detran, Secretaria de Meio Ambiente e Copel, que saem de cidades de todo o estado para atender a demanda do verão.

De todos os profissionais, o maior efetivo, cerca de 1400 pessoas, deve atuar na parte de segurança pública. Além disso, a segurança dos banhistas também será garantida, segundo promete o Corpo de Bombeiros. “Serão 89 postos de guarda-vidas no continente, e dois postos novos na Ilha do Mel”, explica o major Gerson Gross, comandante da Operação Verão.

O reforço na parte de saúde chegará por meio de reforço na frota do Samu, que recebe três unidades de UTIs móveis em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná. As equipes de resgate também contarão com o helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). Além disso 7 mil profissionais da área estarão de plantão no período.