Lava Jato é ponto comum entre movimentos que vão às ruas no domingo (26)

24/03/2017 às 08:44.

Vem Pra Rua e MBL organizam atos em todo o país, mas com pautas diferentes. Em Curitiba, manifestação ocorre na Praça Santos Andrade.

Apesar de apresentarem pautas diferentes, os grupos Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre (MBL) organizam juntos as manifestações previstas para todo o país para o próximo domingo (26). Os atos são organizados em mais de 90 cidades brasileiras e têm o apoio à Operação Lava Jato como ponto em comum. Em Curitiba, a manifestação está marcada para às 14h30 na Praça Santos Andrade, no Centro da capital.

As bandeiras da manifestação de domingo diferem em alguns pontos. O Vem Pra Rua divulgou em sua página no Facebook outros três pontos de reivindicação, além da Lava Jato: o fim do foro privilegiado; contra o voto em lista fechada, em discussão no Congresso na reforma política; e contra o Fundo Partidário.

Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Já o MBL levanta também outras bandeiras que não estão nos pontos defendidos pelo Vem Pra Rua: contra a reforma previdenciária proposta pelo governo Temer e a favor da revogação do estatuto do desarmamento. “Tem que reformar a previdência, mas essa reforma do Temer é muito ruim”, diz o representante do MBL em Curitiba Eder Borges. “É uma reforma que não é sustentável. Nós apoiamos uma previdência em que o contribuinte possa aplicar o dinheiro dele no Fundo Previdenciário que ele quiser”, explica.

Apesar das pautas diferentes do Vem Pra Rua, Borges afirma que não há conflito entre os dois grupos organizadores dos atos de domingo. “O Vem Pra Rua é um movimento amigo, um movimento parceiro. São perfis um pouquinho diferentes. O Vem Pra Rua tem um perfil um pouco mais anticorrupção, e o MBL está mais liberal, um pouco mais técnico”, explica Borges.

Os grupos não divulgaram ainda uma estimativa de quantas pessoas devem participar da manifestação no domingo. No evento criado no Facebook pelo Vem Pra Rua, cerca de 500 pessoas haviam confirmado presença no ato até esta terça-feira (21). Outras 280 pessoas declararam ter interesse em participar do evento, mas não confirmaram presença. No evento nacional, já há cerca de 28 mil confirmações de presença, além de outros 15 mil interessados.

Na última manifestação, realizada em frente à Justiça Federal de Curitiba, o grupo afirma ter conseguido reunir cerca de 15 mil pessoas a favor da Lava Jato e pela saída de Renan Calheiros (PMDB) da presidência do Senado. A Polícia Militar afirmou que o número de manifestantes foi de 8 mil.

Mapa do Foro

Além das manifestações, o Vem Pra Rua organiza uma página na internet com o Mapa do Foro Privilegiado, que mostra a posição dos senadores a respeito da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2013, que trata do assunto. O site mostra também dados de contato dos parlamentares e estimula que os internautas mandem mensagens e e-mails cobrando posicionamento dos senadores indecisos ou contrários ao fim do foro.

Outras cidades

Além de Curitiba, outras sete cidades paranaenses marcaram manifestações nesse domingo. Os atos começam a partir das 15 horas em Francisco Beltrão, Londrina, Maringá e Sarandi; às 15h30 em Irati; às 16 horas em Rio Negro e às 17 horas em Toledo.

Via: Gazeta Do Povo