Kaysar, do BBB18, dormiu embaixo de uma ponte e foi gari

23/03/2018 às 10:29. Comente esta notícia!

Kaysar Dadour teve uma vida complicada antes de entrar para o BBB18. O sírio, de 29 anos, que costuma ser reservado quando o assunto é sua via pessoal, teve um pouco do seu passado contado pela Veja.

Bem antes de vir para o Brasil, em 2014, o BBB vivia em Alepo, cidade da Síria, onde tinha uma vida de classe média alta. Mas aos 20 anos, durante a guerra na Síria, ele precisou deixar o país para não se alistar no exército. Fugiu para a Ucrânica, onde pretendia receber o abrigo de um amigo, mas quando chegou a Odessa, perdeu totalmente o contato com ele, que tinha morrido de câncer. Por causa disso, passou dias morando embaixo de uma ponte até conseguir um trabalho como gari. Com o salário e com o bico de limpeza em uma pensão, passou a pagar um quarto para morar.

O sírio teve a ideia de vir ao Brasil enquanto estava hospitalizado na Ucrânia, fazendo a quinta cirurgia em sua perna direita. Seis meses antes, ele foi espancado por uma gangue nacionalista por carregar no pescoço um crucifixo na Ucrânia. Teve a perna direita quebrada em quatro partes e o braço esquerdo, em três.

“Ele sofreu muito nessa vida. Tanto que não sabe chorar. Quando está triste, ele grita, mas grita muito mesmo”, contou seu primo Nassib Abage para a publicação.

VIDA NO BRASIL
Esforçado, logo que chegou em Curitiba, no Brasil, Kaysar começou a apreder a língua. Em cinco meses já se comunicava bem em português. Ele também se matriculou em um curso de hotelaria e começou a trabalhar em uma empresa de animação, onde se trajava de personagens das histórias infantis para divertir festas e eventos.

NAMORADA
No Brasil, o moreno só teve uma namorada séria. A eleita era uma estudante de Direito chamada Tatiane, que se mudou para Portugal para fazer mestrado.