Jovem que ficou por quase 60 km sobre teto de ônibus tem quadro estável na UTI, diz hospital

30/08/2018 às 12:56. Comente esta notícia!

O jovem, de 21 anos, que ficou por quase 60 km deitado sobre o teto de um ônibus biarticulado, em Curitiba, tem quadro de saúde estável na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Trabalhador. Ele passou por uma cirurgia na terça-feira (28) e está sedado, segundo o hospital.

O rapaz foi encontrado desacordado e com ferimentos moderados na cabeça por volta das 7h30 de terça, na segunda viagem do dia da linha Santa Cândida/Capão Raso. Conforme o Corpo de Bombeiros, ele foi atendido, retomou a consciência, mas não soube dizer o que aconteceu.

“Não sei como foi parar lá em cima. É um cara tranquilo”, afirma o pai do jovem, que é músico e tem 50 anos. Segundo ele, o filho está no ensino médio e saiu de casa no início da noite de terça e passaria na casa de um amigo antes de ir para a aula.

O pai conta que trabalha de madrugada e, ao retornar para casa no início da manhã, não encontrou o filho. Ele diz ter sido informado do caso por volta das 11h, quando o hospital entrou em contato.

“Fiquei preocupado. Tem gente falando que ele estava ‘surfando’ em cima do ônibus. Não posso afirmar isso. Não se tem alguma testemunha, mas não é do perfil dele fazer uma coisa dessas”, explica o músico.

Ele afirma que o jovem também é músico e tinha iniciado um tratamento contra depressão e ansiedade há cerca de 20 dias. “Ele estava tomando antidepressivo. Talvez possa ter tido alguma crise, mas não sei”, diz.

Testemunhas relataram à Polícia Militar (PM) que o rapaz ficou ferido enquanto “surfava” no veículo. Como não houve vandalismo e representação criminal, a Polícia Civil informou que não vai investigar o caso.