Ao Vivo

Jogadora francesa é atacada na internet por conta de seu cabelo

25/06/2019 às 08:41.

Quando a gente achava que estávamos caminhando para uma realidade com mais educação e empatia…. Wendie Renard, de 28 anos, uma das melhores jogadoras da França, foi alvo de ataques (super!!!) preconceituosos durante a partida que levou à saída da seleção brasileira da Copa do Mundo de 2019.

A artilheira, que é conhecida internacionalmente por sua qualidade de jogo (ela foi seis vezes campeã da Champions League feminina e também é a jogadora mais bem paga do mundo) recebeu uma série de comentários preconceituosos nas redes sociais sobre o seu… Cabelo. A francesa foi atacada com comentários como “preta do cabelo duro” e criticada por jogar com o cabelo solto, a quem muitos se referiram como “pixaim”.

A filósofa Djamila Ribeiro foi uma das primeiras personalidades a discutir o assunto na rede social e questinou sabiamente: “Quantas de nós já fomos Wendie Renard? Por que você se incomoda com o modo pelo qual a jogadora se apresenta? O que isso interfere na sua vida?”.

View this post on Instagram

Quantas de nós já fomos Wendie Renard? A zagueira da França Wendie Renard foi vítima de piadas racistas por conta dos seus cabelos. Ela tem 28 anos, já venceu 11 campeonatos franceses, 4 Champions League, recebe o terceiro maior salário do futebol feminino, mas foi reduzida "à preta do cabelo duro e feio". Uma atleta excelente, mas que vira piada. Por isso tenho zero tolerância com "humoristas" que fazem isso. Só a gente sabe como é ser alvo desse tipo de comentário. Quantas mulheres negras se violentam para atender a imposição de padrão estético? Quantas feridas causadas no couro cabeludo, na auto estima? Quantas violências no cotidiano escolar? Desde "não vou dançar com a neguinha do cabelo duro" a "por que você não alisa seu cabelo?" Só a gente sabe. Só as mulheres dos cabelos crespos, que não fazem cachos, sabem. Só as dos "cabelos sem definição", sabem. Por que Wendie deve atender a um padrão, mesmo aquele estabelecido dentro da comunidade, como se não fôssemos diversas? Por que você se incomoda com o modo pelo qual a jogadora se apresenta? O que isso interfere na sua vida? "Ah mas eu acho feio". Problema seu e de seus gostos condicionados. Até quando vamos reduzir mulheres, sobretudo negras, às suas aparências? Sugiro leitura de "Racismo Recreativo", de @ajmoreirabh. Wendie Renard tem nome e sobrenome, parafraseando Lélia Gonzalez, para que o racista não coloque o nome que quiser.

A post shared by Djamila Ribeiro (@djamilaribeiro1) on

“O cabelo da jogadora da França, parece eu quando acordo”; “Tô quase oferecendo um laço de cabelo para a jogadora 3 da França!”; “Gente que vontade de amarrar o cabelo dessa jogadora da frança” e “O que essa jogadora da França quer com esse cabelo mano, tá parecendo o Chuck”, foram alguns dos comentários de ódio que -tristetemente- podem ser encontrados no Twitter.

Via: Revista Glamour