Joelma diz que Ximbinha ainda não pode falar nem se aproximar dela: ‘Perde o controle’

07/08/2018 às 15:06. Comente esta notícia!

Se a Lei Maria da Penha, criada há exatos 12 anos, estimulou muitas mulheres a denunciar relações abusivas, Joelma também serviu de inspiração para muitas outras quando decidiu dar fim ao seu casamento com Ximbinha. “Ouço muitos depoimentos nesse sentido. Elas vêm falar comigo que, depois que tomei a decisão de me separar, elas também tomaram coragem. Foi como se elas precisassem de uma força que veio de mim”, diz a cantora.

Foto: Marcos Dourado/ divulgação

É a mesma lei que protege Joelma desde sua separação, há três anos. Na época, Ximbinha foi enquadrado na Maria da Penha: “Ele não pode falar comigo nem se aproximar de mim. Ele é do tipo de homem que sai do controle quando bebe. Ele é uma pessoa, e com bebida é outra. Muitas mulheres não expõem por vergonha. Eu também tinha. Não queria que algo tão pessoal viesse à tona”.

Joelma tem cantado sua própria experiência na música “Perdeu a razão”, em que divide os vocais com Marília Mendonça. Os versos “E na hora da raiva/ Pra que cê levantou a mão pra ela?/ Era mais fácil ter largado dela” foram interrompidos pelo choro da cantora durante a gravação no estúdio. “Lembrava muito também da minha mãe, que apanhava do meu pai quando eu era criança. Pensei que tinha superado isso. Há dois anos, fui pedir perdão a ele e fiz com que ele também pedisse à minha mãe. Ela o perdoou, mas perdoar não é querer voltar, é tirar essa dor de dentro e seguir em frente”, diz Joelma.

Desde a separação, Joelma teve apenas um relacionamento, com o empresário Alessandro Cavalcante, que chegou ao fim depois de pouco mais de um ano. Mas a cantora segue pronta para amar de novo. “Já amei, já desamei. Estou solteira por enquanto, mas quem tem Deus, não tem trauma”.