Intervenção urbana em Curitiba tem ponto de ônibus antiestresse

23/06/2017 às 12:01.

Quem nunca se irritou com a espera pelo transporte público? Alguns minutos em pé no ponto e a impaciência já começa a tomar conta, não é mesmo?

Depende! Em Curitiba, arquitetos decidiram revestir as “paredes” do ponto de ônibus com plástico bolha, um infalível remédio antiestresse

A intervenção urbana causou surpresa nos passageiros que, por alguns minutos, pararam de olhar compulsivamente para seus relógios e celulares.

A iniciativa faz parte de um projeto criado pelo escritório de arquiteturaArquea Arquitetos para a exposição Arquitetura para Curitiba 2017. O propósito é repensar a cidade e deixá-la mais descontraída.

Ao longo do primeiro semestre do ano, seis intervenções foram feitas em datas e locais diferentes. Além da ação do ponto de ônibus, os arquitetos espalharam boias de jacarés pelo Parque Barigui, cuja lenda afirma a existência do bicho naquela região; colocaram uma máscara de mergulho dentro do bebedouro do Largo da Ordem e instalaram uma máquina de bolhas de sabão em um semáforo de pedestres da Rua XV de Novembro.

Tudo isso para brincar com os moradores e turistas, tornando a paisagem mais divertida e humana, por meio de atitudes simples, mas surpreendentes.

Para criar as ações, o grupo se inspirou na escultura Cloude Gate, o popular “feijão” do Millennium Park de Chicago, do artista Anish Kappor, e em eventos como a Cow Parade, que já completou dez edições no Brasil e volta a São Paulo neste ano.

Via:ascoisasmaiscriativasdomundo