Inscrições para o vestibular da UFPR começam nesta quarta-feira

16/08/2017 às 12:37. Comente esta notícia!

Foto: Henry Milleo/Gazeta do Povo

 

As inscrições para o vestibular 2017-2018 da Universidade Federal do Paraná (UFPR) começam nesta quarta-feira (16) e vão até às 23h do dia 14 de setembro. Os candidatos devem fazer a inscrição no portal do Núcleo de Concursos.

A primeira fase será dia 29 de outubro e a segunda, nos dias 26 e 27 de novembro. No dia 26 haverá prova de compreensão e produção de texto e, no dia 27, a dos cursos com provas específicas e de habilidade específica.

O candidato deverá preencher um formulário com todos os dados pessoais e pagar uma taxa de R$ 120. Para aqueles estudantes que desejam fazer a prova na modalidade treineiro, sem concorrer às vagas, o custo é de R$ 119.

O edital prevê ainda que a taxa poderá ser isenta para o candidato que comprovar não poder arcar com o valor da inscrição, mediante presença no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), ou para o candidato que comprovar cumulativamente renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola de rede privada.

O prazo para a inscrição desses candidatos é menor. Os pedidos de isenção deverão ser solicitados entre os dias 16 e 23 de agosto para candidatos do CadÚnico, e entre os dias 16 e 30 de agosto para as demais solicitações.

 

Cotistas

 

O processo seletivo deste ano também trará novidades para os cotistas. Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas passarão por banca de avaliação entre os dias 9 e 10 de outubro, antes da prova da primeira fase. Em anos anteriores, a validação era feita na matrícula.

Outra novidade é a inclusão de pessoas com deficiência no rol de beneficiários do sistema. Além da deficiência, o candidato deverá ter cursado o ensino médio integralmente em escola pública.

Clique aqui para ver a íntegra do edital do vestibular 2017/2018 da UFPR.

Fonte: Gazeta do Povo