Indiciada em caso contra Douglas Sampaio, Jeniffer Oliveira se pronuncia: “não me arrependo”

14/11/2018 às 08:04. Comente esta notícia!

Jeniffer Oliveira se manifestou após Douglas Sampaio ter sido declarado inocente de tê-la agredido. “Resolvi me pronunciar porque acho importante não abaixar a cabeça num momento como esse. Mas espero que entendam que daqui pra frente prefiro escolher o silêncio, pra me proteger e cuidar mais de mim”, declarou a atriz, que foi indiciada após ter denunciado o ex-namorado.

Em decisão publicada no relatório de inquérito final divulgado semana passada, o juiz afirma não haver “qualquer indício de autoria e materialidade do delito de lesão corporal”. Já Jeniffer, que havia feito a denúncia, foi indiciada por denunciação caluniosa. O documento foi enviado à QUEM pelo advogado do ator, Sylvio Guerra, que afirmou que o ator pretende processar a atriz. Procurada por QUEM, Jeniffer não atendeu às ligações.

“Vivemos em uma sociedade machista. Talvez eu tenha sido ingênua de achar que a justiça seria feita. Que a lei estaria do meu lado, mesmo eu sendo mulher. Talvez eu tenha sido ingênua de achar que um homem que bate em mulher seria preso pelo crime que cometeu, numa realidade onde milhares de homens batem em mulheres o tempo todo e continuam soltos”, desabafou.

“É muito triste precisar me posicionar a respeito de algo que é tão óbvio: eu jamais inventaria ter vivido uma agressão porque só pra dizer isso em volta já foi preciso encarar uma exposição surreal”, disse. “Eu vou através do meu advogado lutar até o fim pra que reconheçam que eu fui vítima sim de um crime. Nossa sociedade tenta silenciar as mulheres e eu não me arrependo de ter usado minha voz. Não foi nem está sendo fácil. Seguimos em frente”, concluiu.