Indiana é presa após atear fogo no marido, por ele se recusar a passar senha do celular

18/01/2019 às 20:48.

 

Uma mulher foi presa em East Lombok (Índia) sob acusação de ter ateado fogo no marido após ele se recusar a dar a senha do seu celular a ela.

Dedi Purnama, de 26 anos, estava consertando o telhado de casa quando a mulher, Ilham Cahyani, pediu que o marido passasse para o código para liberar o aparelho dele, de acordo com reportagem do “Daily Mirror”.

Revoltado com o pedido, Dedi desceu do telhado e começou a discutir com a esposa. Houve troca de agressões físicas, e no meio da confusão, Ilham pegou então um líquido inflamável e jogou em direção ao marido, ateando fogo logo em seguida com um isqueiro.

 

Dedi Purnama ficou com muitas queimaduras pelo corpo. (Foto: Reprodução/Jornal Extra.)

Um vizinho relatou ter visto as chamas na casa e ter ido ao socorro de Dedi. Ele foi levado a um hospital da região com queimadura em várias partes do corpo, mas não resistiu, vindo a óbito dois dias depois.

 

Fonte: Jornal Extra.