Ao Vivo

Implante contraceptivo é encontrado no pulmão de mulher em Portugal

01/08/2019 às 11:36.

De acordo com os médicos que analisaram o caso, dispositivo “migrou” para o órgão depois de ter sido colocado no braço da mulher

Implante contraceptivo (Foto: Divulgação )

Uma mulher portuguesa de 31 anos se assustou ao descobrir que o implante contraceptivo colocado em seu braço em 2017 havia migrado para seu pulmão. O caso foi descrito por médicos no jornal científicos BMJ.

Implantes contraceptivos são pequenos dispositivos de formato cilíndrico colocados embaixo da pele para liberar uma pequena quantidade de hormônios na corrente sanguínea e evitar a gravidez. A cada cinco anos, no máximo, eles devem ser trocados.

A mulher havia colocado um implante pela primeira vez em 2010 e feito a primeira reposição em 2013 sem problemas. Porém, depois de fazer uma nova substituição em 2017, ela começou a apresentar sangramento vaginal. Os médicos então decidiram remover o implante, mas não conseguiram localizá-lo no braço da paciente e pediram que ela fizesse um raio X, segundo as informações do artigo do BMJ.

O exame mostrou que o implante havia “migrado” do braço para o pulmão esquerdo da mulher. Esse tipo de deslocamento é raro, mas pode acontecer, de acordo com os médicos, quando o dispositivo é colocado muito profundamente na pele, entra em uma veia e acaba levado até um dos pulmões. Além de erro médico na hora da implantação, fazer exercícios vigorosos pouco depois de o dispositivo ser colocado também aumenta o risco de “migração”.

No artigo do BMJ, os médicos ressaltam que as complicações são raras quando o procedimento é feito por profissionais treinados. Felizmente, a mulher portuguesa passou por uma cirurgia bem-sucedida para retirar o implante do pulmão e não apresentou complicações.

Via: Revista Crescer