Ao Vivo

Igreja Luterana de 1913 é recuperada e protegida pelo Rosto da Cidade

25/01/2021 às 08:16.

Prefeito Rafael Greca vistoria o trabalho realizado pela equipe da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, através do programa de revitalização urbana Rosto da Cidade no Templo Evangélico Luterano. Curitiba. 22/01/2021. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

Mais um dos 80 imóveis particulares já recuperados pelo programa Rosto da Cidade, da Prefeitura de Curitiba, foi entregue na tarde desta sexta-feira (22/1). O prefeito Rafael Greca vistoriou o trabalho realizado pela equipe da Secretaria Municipal do Meio Ambiente no Templo Evangélico Luterano, que fica na Rua Inácio Lustosa.

O local teve a fachada limpa e repintada, com a aplicação de resina antipichação, em especial nos muros externos. Um dos principais objetivos do programa é a recuperação e valorização do patrimônio da Região Central da cidade.

Ao lado do pastor sinodal e chefe da Igreja Luterana em Curitiba, Odair Braun; do pastor residente Nilton Giese; e do presidente da comunidade, Geraldo Rocha, o prefeito lembrou da história da construção de 1913, que é patrimônio cultural da cidade. 

“Essa igreja é uma das jóias de Curitiba, faz parte do Rosto da Cidade que amamos e que queremos conservar livre de pichações”, disse Greca. “É um centro evangélico de cultura musical que foi a sede do primeiro jardim de infância de Curitiba, e onde trabalhou o pastor Karl Frank”, completou.

A igreja também conhecida como a Igreja de Cristo ou Christus Kirche (na versão alemã, expressão mais usada pelos seus membros) é tombada pelo Patrimônio Cultural do Paraná e é uma unidade de interesse de preservação. Seu projeto foi assinado pelo arquiteto Otto Michalis e pelo engenheiro Gottilieb Müller. 

Entre as principais características da sua construção, estão as referências da arquitetura gótica, com uma cruz celta na torre, portas e janelas com arcos em ogiva. 

O prefeito foi acompanhado pela secretária do Meio Ambiente, Marilza Oliveira Dias; e pelo diretor de Parques e Praças, Jean Brasil; além da equipe responsável pela gestão do programa.

Rosto da Cidade

Iniciado em 2019, o Rosto da Cidade já promoveu a limpeza e aplicação de resina antipichação em 26 imóveis públicos e 80 particulares. Outros três estão em andamento.

Com seis etapas, o programa é desenvolvido em conjunto com o Ippuc, Fundação Cultural de Curitiba e Secretaria de Obras Públicas; e prevê melhorias na iluminação e acessibilidade em todo o perímetro dos imóveis do setor histórico da cidade.

Via: Prefeitura De Curitiba