Idosa de 81 anos realiza sonho de se formar no ensino fundamental: ‘Quero ser escritora’

13/12/2018 às 09:00.

Uma aluna muito especial se formou nesta segunda-feira (10) em Bauru (SP). Aos 81 anos, Rita Ferreira de Paula conseguiu completar a quarta série no Centro Educacional de Jovens e Adultos (Ceja). Foi uma noite de muita emoção não só para ela, mas para toda a turma.

Depois de décadas adiando o sonho de voltar a estudar, Dona Rita conseguiu o tão esperado diploma. Na hora de subir no palco foi difícil segurar as lágrimas.

Em mais de 20 anos de profissão, a professora Selma Galhardo nunca havia presenciado cena igual.

Filhas se emocionaram com a conquista da mãe — Foto: Reprodução/TV TEM

Filhas se emocionaram com a conquista da mãe — Foto: Reprodução/TV TEM

“Vários alunos se motivam vendo a Dona Rita. Ela quer melhorar sempre e isso faz com que os outros alunos também queiram prosseguir com os estudos”, explica

Em seu discurso, feito no dia da formatura, Dona Rita emocionou a todos. Com lágrimas nos olhos, agradeceu às professoras, aos amigos e aos filhos e netos.

“Se vocês pensam em voltar a estudar, não percam tempo. O tempo é agora. Vá em frente porque tudo você pode naquele que te fortalece”, diz.

Para as filhas, a persistência e dedicação da mãe é motivo de orgulho. “É um orgulho pra gente né. Eu não sou formada, eu não tenho um diploma… E ela tem”, conta a filha Marli Terezinha de Paula.

Sonho em ser escritora

Quando tinha nove anos aprendeu a costurar com a mãe. Chegou a frequentar aulas na fazenda em que morava com a família, em Pirajuí. Dona Rita até sabia ler e escrever, mas não tinha tido a chance de aprender de verdade.

A vida foi passando. Dona Rita casou, foi abandonada pelo marido quando os filhos ainda eram bebês e, depois disso, veio para Bauru.

O sonho da idosa é escrever o próprio livro — Foto: Reprodução/TV TEM

O sonho da idosa é escrever o próprio livro — Foto: Reprodução/TV TEM

E, de uns tempos pra cá, a idosa resolveu voltar para a sala de aula. Começou com aulas de informática e agora o seu maior sonho é escrever um livro.

“O que vai ser desse meu estudo eu não sei… Mas quero ser escritora. Se Deus quiser eu vou ver se no ano que vem escrevo meu livro. Vai ter história de amor, de alegria e de depoimento de fé também”, conta.

E, agora, com o tão sonhado diploma em mãos, Dona Rita pode evoluir ainda mais e, quem sabe, publicar seu próprio livro.

Dona Rita posa ao lado das professoras no dia da formatura em Bauru — Foto: Reprodução/TV TEM

Dona Rita posa ao lado das professoras no dia da formatura em Bauru — Foto: Reprodução/TV TEM

*Com informações de Cristiane Paião/TV TEM