Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba, abre Outubro Rosa com atividades culturais

02/10/2018 às 08:28.

Um evento que reuniu colaboradores, voluntários, profissionais e usuários do Hospital Erasto Gaertner marcou nesta segunda-feira a abertura da programação alusiva ao Outubro Rosa na instituição. Durante todo o mês, em conjunto com grupos de voluntários e parceiros, o hospital promove ações para informar e incentivar as mulheres a cuidarem da saúde.

Foto: Pixabay

O Estado repassa ao Erasto 4 milhões e 800 mil reais por ano para custeio. Para o secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Nardi, que acompanhou o evento, a campanha Outubro Rosa é uma oportunidade de motivar as mulheres a cuidarem melhor de si mesmas, fazendo exames preventivos e investindo na própria saúde.

A diretora-geral do Erasto Gaertner, Carla Martins, falou que neste ano a ideia é ampliar a mobilização e informar as mulheres também sobre outros tipos de cânceres, como o de colo do útero. De acordo com ela, as campanhas de prevenção são essenciais para a conscientização no combate ao câncer.

No ano passado, dos 2.500 novos casos de câncer atendidos no Erasto Gaertner, 23% eram de mama e 7% de colo do útero. Cerca de 50% das pacientes chegam ao hospital ainda nos estágios iniciais da doença, quando o índice de cura é grande e chega a 90%. Para aumentar o número de mulheres diagnosticadas precocemente, a direção do hospital ressaltou a importância das parcerias com a sociedade civil e órgãos governamentais, além do trabalho de voluntários para a disseminação de informações sobre o assunto. (Repórter: Rodrigo Arend)