Ao Vivo

Hospital Erasto Gaertner abre 100 vagas de emprego para contratação imediata

20/05/2020 às 08:11.

Foto: Arquivo/Agência Senado.

O Hospital Erasto Gaertner (HEG) será responsável pela gestão do Hospital Regional de Guarapuava, que atenderá exclusivamente usuários do SUS com suspeitas e contaminados pelo coronavírus (covid-19). Para isso, anuncia a abertura de 100 vagas para contratação imediata de profissionais para trabalhar no município que fica na região Central do Paraná.

As vagas são para atuar pelo período de seis meses exclusivamente no Hospital Regional de Guarapuava. Após este período, esses novos colaboradores poderão ser transferidos para outras unidades do HEG. as vagas são para: Analista de infraestrutura, Assistente administrativo, assistente social, camareira, copeiro, encarregado de limpeza, enfermeiro, farmacêutico, higienizador, nutricionista clínica, técnicos de enfermagem, técnico de farmácia e vigia.

Durante o processo seletivo serão informados: salário, benefícios (plano de saúde, plano odontológico e vale alimentação) e horários de trabalho para as equipes a serem formadas. Os interessados deverão encaminhar currículo e comprovação de escolaridade (veja as exigências no final do texto) através do e-mail: recrutamentoguarapuava@erastogaertner.com.br. Mais informações sobre o processo seletivo podem ser obtidos no site do HEG. Não será fornecidas informações por telefone.

O hospital

A expectativa é iniciar os primeiros atendimentos no Hospital Regional de Guarapuava a partir do dia 15 de junho de 2020, com contrato de gestão firmado para seis meses. Ao todo, a estrutura contará com quatro pavimentos: térreo, com recepção e serviço de diagnóstico por imagem; primeiro pavimento, no qual estará instalada a Unidade de Terapia Intensiva (UTI); segundo pavimento, com internamento clínico, e o terceiro pavimento, com dormitórios para os profissionais de saúde que estarão na linha de frente.

O Hospital Erasto Gaertner é filantrópico, atende, anualmente, mais de 50 mil pacientes, e realiza mais de 2 milhões de procedimentos, 87% deles pelo SUS. A partir do início da operação, o HEG irá contar com a colaboração da sociedade para doação de equipamentos de proteção individual e/ou doações em dinheiro que serão revertidas para compra de EPI’s durante o combate ao novo coronavírus.

Via: Tribuna Do Paraná