Ao Vivo

Homem que matou passageiro dentro de ônibus em Curitiba é denunciado por outros dois homicídios

1 de julho de 2024

Foto: PCPR

Por g1

Vagner do Prado, suspeito de esfaquear Oziel Branques dos Santos dentro de um ônibus em Curitiba, foi denunciado pela morte de outras duas pessoas, segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR).

As investigações apontaram que os assassinatos aconteceram em um intervalo de dez dias. 

De acordo com o MP, dez dias antes de assassinar Oziel, o homem matou a própria companheira com um golpe de faca no pescoço. A denúncia considerou o homicídio com quatro qualificadoras: feminicídio, motivo fútil, emprego de meio cruel e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

Vagner também foi denunciado pela morte de um homem em situação de rua. Segundo o MP, o crime aconteceu no mesmo dia em que matou Oziel.

Segundo a denúncia, ele e o sobrinho de 17 anos esfaquearam a vítima, que teria se revoltado com o feminicídio praticado dias antes. Nesta denúncia, a promotoria considerou homicídio qualificado por motivo torpe, uso de meio cruel e de recurso que dificultou a defesa do ofendido.

Saiba mais