Homem leva tiro no peito e é salvo por pen-drive

05/09/2017 às 14:09.
Resultado de imagem para Homem leva tiro no peito e é salvo por pen-drive

Foto: Reprodução

 

Dois dias depois de uma carteira no bolso da camisa ter salvo um funcionário público de 64 anos de um disparo, a esposa dele diz que o marido está em choque. O caso aconteceu em Suzano.

Virgínia Gonçalves Mano contou ao Diário TV que o marido ainda dirigiu até sua casa depois do crime. “Ele chegou já dizendo que tinha levado um tiro. Só que ele não deixou ninguém socorrer. Ele ficou em estado de choque, não abria a porta e não falava com ninguém. Quando ele começou a procurar onde estava, abriu a carteira e ela estava lá dentro. Ai ele começou a tirar as coisas e achou o pen drive destruído”, conta.

A esposa diz que o marido acha que os criminosos deram um tiro acidental durante o assalto. Segundo Virgínia, ele sempre teve o costume de usar camisas com bolso parra levar a carteira. A roupa não ficou com nem uma gota de sangue. “Eu acho que Deus estava lá. Deus estava ali com ele para não deixar ele ir embora.”

O carro da vítima passou nesta segunda-feira (4) por uma vistoria no Instituto de Criminalística em Mogi das Cruzes.

Assalto

 

A vítima contou que parou o carro no semáforo do cruzamento entre a Rua Leila Margarida Takeuchi e Avenida Antônio Marques Figueira às 9h40, quando foi surpreendido por dois homens que chegaram a pé. Um deles bateu com uma arma no vidro. Apesar de a vítima não ter reagido, o criminoso atirou a uma curta distância. O disparo perfurou o vidro e a bala parou na carteira, que estava no bolso esquerdo da camisa do funcionário público.

De acordo com a polícia, a carteira impediu que o projétil perfurasse o peito da vítima, que foi atingida apenas pelos estilhaços de vidro.

Os criminosos fugiram sem levar nada. O caso foi registrado na Delegacia Central como tentativa de roubo e tentativa de homicídio. A vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito. A carteira e o projétil foram apreendidos.

Fonte: G1