Ao Vivo

Grupo de voluntárias faz bonecas de pano para ensinar crianças sobre sentimentos

26/11/2020 às 09:25.

Foto: Divulgação/Bonequeiras Maluquinhas

Distribuir amor em forma de bonecas e bonecos de pano. Essa é a proposta das “Bonequeiras Maluquinha”. Um grupo de 20 voluntárias, de Curitiba, que se reúne todas as semanas para costurar os brinquedos para crianças em situação de vulnerabilidade social.

São quatro modelos diferentes de bonecas desenvolvidos. Mais do que brinquedos, a proposta é educativa para desenvolver a autoestima das crianças e fortalecer o ato de brincar, como conta uma das organizadoras do projeto, Carol Strapasson Wos.

Uma das bonecas é a dos sentimentos. Ela tem dois lados: um com rostinho feliz e outro com carinha triste. A intenção é explicar aos pequenos sobre como expressar as emoções.

Foto: Boneca dos sentimentos explica para as crianças como expressar as emoções/ Divulgação/ Bonequeiras Maluquinhas

Tudo começou há cinco anos. De lá pra cá já foram confeccionadas mais de 8 mil bonecas que são doadas para escolas, hospitais e projetos sociais aqui do Brasil e até de países como Nigéria e Angola.

Normalmente os encontros são feitos na casa da família da Carol, que fica no bairro Barreirinha, em Curitiba. A sala de estar foi transformada em um super ateliê. Entre retalhos e fios, tudo vai ganhando forma.

Neste ano, por conta da pandemia, as reuniões para costurar foram canceladas. Mas a produção não parou. As voluntárias estão fazendo as bonecas cada uma da sua própria casa e mil unidades foram confeccionadas desde março deste ano.

Para conhecer mais desse trabalho, acesse o Facebook: bonequeirasmaluquinhas

Reportagem Alexandra Fernande