Ao Vivo

Greve dos professores é suspensa pelo Tribunal de Justiça do Paraná; mas APP Sindicato mantém greve

3 de junho de 2024

Foto: Gabriel Rosa/AEN

Por Tribuna do Paraná

O Tribunal de Justiça do Paraná suspendeu a greve dos professores das escolas estaduais, que está marcada para começar nesta segunda-feira (03). A decisão da desembargadora Dilmari Helena Kessler diz que o sindicato está impedido de realizar qualquer movimento grevista até que apresente um plano de manutenção das atividades educacionais, sob multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento. Anteriormente, a Secretaria de Estado da Educação já havia ameaçado descontar o salário dos grevistas.

Os professores protestam contra o projeto de lei que prevê a privatização de parte dos serviços oferecidos nas escolas, como merenda e contratação. Além disso, os educadores pedem o pagamento da Data-Base.

Enquanto a Seed-PR orienta que os pais enviem os filhos para a escola nesta segunda-feira (03), a APP-Sindicato, entidade que representa os professores, afirma que a greve está mantida.

Saiba mais