Ao Vivo

Governo fecha Ceebja e alunos reclamam que não foram consultados

25/11/2020 às 08:57.

Foto: Pixabay/ Ilustrativa

Uma notícia desagradável pegou de surpresa os alunos e até mesmo a direção do Centro de Educação Básica de Jovens e Adultos Luiz Losso Filho, no bairro Atuba em Curitiba. A Secretaria de Estado da Educação decidiu fechar o local e realocar os 192 estudantes para outras escolas de bairros vizinhos e até de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.

Priscila da Silva é ex-aluna e mãe de uma estudante do Ceebja, e conta que a decisão, vai prejudicar o ensino. Muitos dos alunos, que são todos maiores de 18 anos, trabalham o dia todo e estudam à noite.

Os professores também estão bastante incomodados. Eles dizem que foram pegos de surpresa sobre o fechamento. O diretor, Marco Aurélio Fragoso, protocolou uma solicitação pra reabertura e disse que o encerramento das atividades vai complicar bastante a vida dos alunos.

Procurada pela reportagem da 98 FM, a Secretaria de Educação disse que como o CEEBJA Luiz Losso Filho utiliza um prédio cedido pelo município de Curitiba, há uma limitação nos horário para uso do espaço e que as mudanças estão sendo implementadas para facilitar a chegada dos alunos ao centro educacional. Segundo a Secretaria reuniões com a comunidade vão ser feitas para decidir ou não pelo fechamento.

Nota na íntegra 

Como parte do planejamento para o ano letivo de 2021, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR) está propondo algumas mudanças para melhor aproveitar a estrutura da rede e melhorar as condições de ensino para os estudantes. No caso do CEEBJA Dr. Luiz Losso Filho, com 120 alunos à noite, existe uma limitação de horário. O prédio é cedido pelo município de Curitiba e precisa fechar às 22h, diferente dos demais CEEBJAs que têm aula até as 22h30. Com isso, a aula precisa começar meia hora antes, às 18h, comprometendo a chegada de boa parte dos alunos que trabalham até o fim da tarde e não conseguem chegar em tempo. Essa questão está sendo levada agora para discussão com a comunidade que irá definir pela mudança ou não do CEEBJA para o CE Plínio Tourinho, que fica a pouco mais de 1 km de distância.

*Matéria atualizada às 12:50

Reportagem Alexandra Fernandes