Ao Vivo

Garçom paga fritas para menino assistir jogo em bar e gentileza viraliza

25/03/2019 às 08:51.

A atitude de compaixão que um garçom brasileiro teve com um menino emocionou e está viralizando nas redes sociais.No último domingo, 17, Daniel Berg Queiroz de Araujo, viu que um garoto entrava e saía do bar a todo momento e sempre olhava para a televisão, onde passava um jogo de futebol.

Berg se identificou com o menino, porque também fazia isso quando era pequeno, na Bahia. Foi aí que ele resolveu pagar uma porção de batatas fritas e um refrigerante para que o garoto pudesse permanecer no bar e assistir a partida.

O caso aconteceu em Carapicuíba, São Paulo. O momento foi compartilhado no Facebook pela cliente do bar, Amanda Bruno. A postagem bateu mais de 100 mil curtidas e foi compartilhada 43 mil vezes.

Nos comentários, milhares de pessoas parabenizando a atitude de Berg.

“Parabéns pra esse garçom… é desse tipo de gente que nosso mundo precisa”, comentou uma pessoa. “Atitudes do bem merecem serem compartilhadas e incentivadas à prática, parabéns ao Berg Araujo”, afirmou outra.

História

Quando viu o garoto, identificado como João, Berg achou que fosse filho de um cliente.

“Aí eu perguntei ‘você quer assistir o jogo?’. Ele respondeu ‘sim, só que o moço não deixa’. Eu falei: ‘não, você vai assistir, vai ficar comigo!’”, disse o garçom. Mas João respondeu que não tinha dinheiro.

“Eu disse que isso não era problema e pra ele ficar à vontade. Comprei uma porção de batata e um refrigerante, como se fosse pra mim. Teve até uma situação engraçada… Ele pegou três batatas na mão e falou ‘pode levar o restante’. Com medo que fosse pagar mais. Passei a mão na cabeça dele e falei ‘fica à vontade, qualquer coisa, pode vir aqui e falar comigo. Se alguém mexer com você, fala comigo’.”

Retribuição de gentileza

O garçom conta que retribuiu a gentileza do dono de um bar onde Berg assistia aos jogos do Vasco na infância:

“Ele me tratava bem no estabelecimento, deixava eu assistir ao jogo do Vasco. Eu não fiz isso pra repercutir. Era pra eu fazer aquilo naquele momento, contou Berg ao RPA.

Berg continuou fazendo seu serviço enquanto o garoto assistia ao jogo do Campeonato Inglês (Chelsea x Everton) tomando refrigerante e comendo batata frita.

Quando o jogo terminou o garoto foi embora e mais tarde a mãe dele apareceu no bar.

“Depois a mãe dele veio aqui perguntando se ele não estava incomodando, mas não era nada de mais. Graças a Deus pude fazer uma boa ação e receber uma enxurrada de elogios”, afirma Berg.

Veja o post:

Com informações do RPA