Ao Vivo

Foto de bebê ao lado das cinzas de seu irmão gêmeo é premiada

25/10/2019 às 09:54.

A foto de Tiger, ao lado das cinzas de seu irmão Johnny – com os dois conectados através de um cordão umbilical simbólico, feito de tecido – ganhou o maior prêmio internacional “Mestres de Fotografia 2018”, na categoria recém-nascido. A foto foi escolhida entre 7 mil inscritas.

A mãe dos meninos, a neozelandesa Cherie Ayrton disse que, embora esteja extremamente orgulhosa pelo prêmio e sensibilidade da fotógrafa Sarah Simmons em registrar o momento, nunca vai esquecer a dor de perder um filho.

“Eu estou muito orgulhosa e honrada pelos compartilhamentos e talento incrível de Sarah. Estou muito feliz por ela e pelo seu sucesso. E, embora a foto seja dramática, ela ajuda outras mães que estão passando por um momento parecido. “Recebi muitas mensagens e gosto de saber que a memória do meu filho pode ajudar outras famílias a passar pelas suas próprias jornadas”, disse Cherie ao site Stuff.

Cherie Ayrton descobriu aos 5 meses de gestação que um de seus gêmeos, Johnny, havia falecido. Ela o carregou até o fim e deu à luz ao natimorto. Caso contrário, o outro gêmeo, Tiger, não teria sobrevivido.

A fotógrafa teve a ideia de envolver Tiger em um pano e usá-lo para se conectar com as cinzas de Johnny, simbolizando um cordão umbilical. A mãe dos meninos, Cherie não sabia como Sarah iria conectar os garotos. “A ideia era mostrar que eles ainda estavam conectados e compartilhavam o mesmo útero”, diz Cherie.

A perda de um filho às vezes é muito dolorosa para os pais suportarem, quanto mais documentar. Mas para Cherie Ayrton, sua tragédia foi imortalizada em uma foto premiada.

Via: Revista Crescer