Ao Vivo

Finalizado, Terminal do Tatuquara em Curitiba vai atender 28 mil pessoas, segundo a prefeitura; veja as linhas

04/06/2021 às 06:15.

O Terminal do Tatuquara, esperado pelos moradores da região há pelo menos dois anos, está funcionando. Ao todo, segundo a Prefeitura de Curitiba, 28 mil pessoas vão ser beneficiadas pelas sete linhas que vão operar no terminal neste início.

O novo terminal, que foi entregue no sábado (29), pode atender aos 120 mil moradores dos bairros Tatuquara, Campo de Santana e Caximba. Com os ônibus mais próximos, os passageiros não precisarão mais se deslocar até o Pinheirinho para chegar ao Centro de Curitiba.

A prefeitura investiu R$ 8,2 milhões no novo terminal. Segundo o prefeito Rafael Greca (DEM), o objetivo foi o de facilitar a vida de quem mora na Regional do Tatuquara.

“A ideia é interligar o Tatuquara ao Pinheirinho, à Cidade Industrial e, pela Linha Verde, ao Centro de Curitiba”, apontou o prefeito Rafael Greca (DEM).

São sete linhas integradas e outras sete com integração temporal, segundo a prefeitura. — Foto: Ricardo Marajó/SMCS/Divulgação

São sete linhas integradas e outras sete com integração temporal, segundo a prefeitura. — Foto: Ricardo Marajó/SMCS/Divulgação

Linhas operando no Tatuquara

Nesta fase inicial, o terminal opera com sete linhas que fazem a ligação entre os bairros. O presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, destacou que a prefeitura estuda a disponibilização de outras linhas.

Linhas com integração no terminal:

  • 617 Jardim Ludovica
  • 619 Santa Rita/CIC
  • 650 Santa Rita/Pinheirinho
  • 681 Dalagassa
  • 684 Rio Bonito
  • 685 Rio Bonito/CIC
  • 773 Vizinhança/Santa Rita

Segundo a prefeitura, algumas destas linhas tiveram o trajeto estendido e ganharam novos pontos até o terminal. A Urbanização de Curitiba (Urbs) disse que disponibilizou cartazes explicativos nos ônibus das linhas com as alterações de itinerário.

Além destas sete linhas, outras sete que trafegam pela Rua Delegado Bruno de Almeida e que não passam pelo terminal, continuarão com a integração temporal, válida por 60 minutos. Com isso, os passageiros que têm o cartão transporte da Urbs não precisam pagar duas passagens.

Linhas com integração temporal:

  • 617-Jd. Ludovica
  • 684-Rio Bonito
  • 646-Pompéia/Janaina
  • 659-Caximba/Olaria
  • 680-Rurbana
  • 690-V. Juliana
  • 772-Tupy/V. Juliana.
Prefeitura estuda colocar outras linhas no Terminal do Tatuquara. — Foto: Pedro Ribas/SMCS/Divulgação

Prefeitura estuda colocar outras linhas no Terminal do Tatuquara. — Foto: Pedro Ribas/SMCS/Divulgação

Tempo de viagem

Como se trata de um terminal de passagem, o Tatuquara não contará com linhas metropolitanas circulando e nem linhas troncais ou diretas ao Centro de Curitiba.

Um dos principais benefícios, segundo o presidente da Urbs, é integração entre linhas da região, minimizando o tempo de espera, uma vez que o passageiro poderá utilizar mais de uma linha para se dirigir aos terminais Pinheirinho ou Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

“É possível trocar de linha de ônibus, o que facilita os deslocamentos. Ou seja, quem tem apenas a opção para o Terminal Pinheirinho e quiser se deslocar até a CIC agora poderá fazer a integração no Tatuquara trocando de linha e vice-versa”, explicou Ogeny.

Quem precisar ir até a Rua da Cidadania tem duas horas para voltar a usar o transporte com a mesma passagem. — Foto: Pedro Ribas/SMCS/Divulgação

Quem precisar ir até a Rua da Cidadania tem duas horas para voltar a usar o transporte com a mesma passagem. — Foto: Pedro Ribas/SMCS/Divulgação

Serviço

O novo terminal oferece estrutura de apoio aos passageiros como bicicletário com 120 vagas, vestiários e banheiros.

Além disso, quem desce no Terminal do Tatuquara pode ir até a Rua da Cidadania, que fica ao lado, e voltar a usar o transporte público em até duas horas sem precisar pagar uma nova passagem.

Via: G1 Paraná