Ao Vivo

Filho de pedreiro e doméstica passa em 1º lugar em engenharia na USP

20/02/2017 às 11:36.

Apoio dos pais foi essencial para realização de sonho, diz estudante. Renan Bergamaschi de Morais estudava quatro horas por dia em Bariri.

Aos 18 anos, o filho de um pedreiro e de uma empregada doméstica de Bariri (SP) superou mais de 1 mil candidatos e foi aprovado em primeiro lugar no curso de engenharia química da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). “Eu sonhava em passar na Poli, mas não em primeiro lugar. Foi uma verdadeira surpresa. Quando eu vi que passei estava só eu e minha mãe em casa. Comecei a pular e gritar muito com ela, depois fomos comemorar em uma churrascaria”, lembra Renan Felipe Bergamaschi de Morais.

Além do ensino e incentivo da escola estadual onde estuda, o apoio dos pais foi essencial para que um sonho se tornasse realidade. “Sem o apoio dos meus pais eu jamais conseguiria chegar onde cheguei. Claro que além do apoio financeiro, eles me incentivaram muito para ser alguém na vida. Quantas vezes meu pai me levou às cidades da região para eu prestar uma prova? Ele me levava passando mal, mas levava. Eu queria a presença dele comigo”, conta o jovem.

A renda mensal da família é de aproximadamente R$ 1,3 mil e, por isso, Renan sempre estudou em escolas públicas. No entanto, devido aos bons resultados em olimpíadas e concursos, ele foi convidado a estudar em uma escola particular de Jaú, mas negou a proposta. “Preferi ficar aqui em Bariri, na Escola Estadual Idalina Vianna Ferro. Achei que não compensava mudar de escola já que eu estudava em casa”, diz.

De acordo com Renan, além das aulas no período da manhã, ele se dedicava aos estudos em casa por aproximadamente quatro horas ao dia. “Eu sempre estudei muito, mas tive dificuldades. A principal delas foi o cansaço. Por diversas vezes a gente se sente desmotivado em estudar tanto.”

Estudante fez a matrícula presencial na USP nesta semana  (Foto: Arquivo pessoal/ Renan Bergamaschi )
Família apoiou jovem nos estudos  (Foto: Heloísa Casonato/G1)
Via: G1