Ao Vivo

Fábio Assunção fala sobre vício em drogas: “Uma forma de não sentir”

20/07/2018 às 08:59.

O ator Fábio Assunção abriu o coração sobre a luta contra a dependência química. Em entrevista à revista Trip, ele, que se despediu nesta semana do papel de Ramiro em Onde Nascem os Fortes, desabafou sobre os problemas que enfrenta. “É um trabalho diário mesmo. Não sei como é para cada um. Mas é isso. Eu acho que, tendo foco, é possível”, diz.

Foto: Divulgação/Globo

Fábio afirma que busca manter o essencial por perto, deixar uma marca positiva nos filhos e não interromper a luta pessoal contra as drogas. O ator também comenta sobre a dificuldade de buscar tratamento sendo uma pessoa famosa. “A primeira vez que achei que as coisas estavam saindo do meu controle, em 2008, fui ao AA [Alcoólicos Anônimos]. Estava me sentindo envergonhado, muito preocupado com as pessoas saberem. Cara, na hora em que eu saí, tinha um paparazzo do lado de fora. Então, eu nunca tive a possibilidade de viver esse processo com privacidade”, lembra.

Assunção também disse que, no caso dele, existem possíveis razões para o vício. “Se você está feliz, se está com saudade, se tem uma perda ou se acaba um relacionamento, tem que vivenciar isso e dói. Essas coisas… Todo mundo sente o impacto desses sentimentos, não são sentimentos fáceis. Então acho que [fazer uso de substâncias químicas] foi uma forma de não sentir, uma coisa que eu não tinha preparo para me relacionar”, desabafa.