Ao Vivo

Experimento oferece 16 mil euros para quem ficar deitado na cama sem fazer nada por dois meses

06/04/2017 às 10:33.

Ficar o dia inteiro deitado na cama sem nada para fazer para muitos parece um sonho. Mas seria alguém capaz de ficar deitado, sem realmente fazer nada, por dois meses? Pois é essa pessoa que o Instituto para Medicina Espacial e Fisiologia, na França, está procurando. Para cumprir essa curiosa (e, pensando bem, dificílima) tarefa o Instituto irá pagar 16 mil euros – cerca de 53 mil reais). E tudo em nome da ciência.

Cama4

Trata-se de um experimento para simular os efeitos da microgravidade sobre o corpo humano, simulando o ambiente em que vivem os astronautas na Estação Espacial Internacional. O objetivo é tentar evitar alguns dos drásticos efeitos que a experiência de atravessar períodos prolongados em quase ausência de gravidade provoca em nosso organismo.

Cama3

O astronauta americano Scott Kelly na Estação Espacial Internacional, onde passou um ano

Vale lembrar que não será permitido à pessoa se levantar para nada – nem comer, tomar banho ou ir ao banheiro; tudo será feito deitado. A regra diz que pelo menos um ombro terá de sempre se manter em contato com a cama, segundo Arnaud Beck, o cientista coordenador do estudo. A cabeça deverá permanecer voltada para baixo, em um ângulo igual ou menor que seis graus.

Voluntários que já passaram por tal experiência apresentaram efeitos similares aos astronautas que atravessaram longos períodos no espaço, como perda muscular nos membros inferiores, diminuição da densidade dos ossos e dificuldade de permanecer em pé, além de queda na pressão sanguínea, tontura e fraqueza. Não é, portanto, nada moleza, como pode ter parecido no início do texto.

Cama1

Os candidatos precisam ser homens entre 20 e 45 anos, que não fumam nem apresentam alergias, possuem índice de massa corporal entre 22 e 27, e que praticam esportes regularmente. Em nome de importantes avanços científicos, alguém aí é capaz de realmente não fazer nada por dois meses?

Cama2

© fotos: divulgação

Via: Hypeness