Ao Vivo

Ex-policial civil condenada por matar copeira com tiro na cabeça em Curitiba é presa

13 de maio de 2024

Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Por g1

ex-policial civil Kátia das Graças Belo, condenada pela morte da copeira Rosaira da Silva, foi presa no sábado (11). O crime aconteceu em dezembro de 2016, durante uma festa em Curitiba.

De acordo com a defesa de Kátia, a ex-policial se apresentou de forma espontânea para cumprir a pena de 18 anos e 9 meses de prisão em regime fechado. Ela foi condenada pelo crime em 2022. Um ano antes, em 2021, ela foi exonerada do cargo que ocupava.

O mandado de prisão de Kátia foi expedido na última quarta-feira (8), dois anos após ser condenada.

A copeira Rosária Miranda da Silva estava em um restaurante no Centro Cívico, onde uma confraternização da empresa em que trabalhava era realizada, em 23 de dezembro, quando foi atingida por um tiro na cabeça.

De acordo com as investigações, a policial, vizinha do comércio, ficou irritada com o barulho e disparou o tiro em direção ao local da festa.

Leia mais