EUA precisam de mais engenheiros e há oportunidades para os brasileiros

23/11/2018 às 09:40. Comente esta notícia!

Nos Estados Unidos, há mais oportunidades e vagas para engenheiros do que pessoas qualificadas para preenchê-las. A alta demanda coloca a engenharia na lista de profissões de interesse nacional estadunidense, o que torna o caminho até o green-card mais rápido e fácil.

“Em um ano, os engenheiros brasileiros conseguem estar legalizados nos Estados Unidos e podem começar a atuar desde o começo do processo porque obtém autorização temporária de trabalho”, diz Leonardo Freitas, especialista em imigração e sócio da consultoria internacional de imigração Hayman-Woodward.

O procedimento indicado é dar entrada no pedido do visto -EB2 na categoria National Interest Waiver (NIW). Não é exigido conhecimento de inglês nem oferta prévia de emprego. “Fora do estado da Flórida, é difícil conseguir trabalhar sem falar inglês, mas o domínio da língua não é um requisito imigratório”, diz Freitas.

Atualmente, quase 20% dos clientes da Hayman-Woodward são engenheiros. A procura desses profissionais pelos serviços de advocacia imigratória oferecidos pela consultoria cresce a cada ano: 100% de 2015 para 2016, e 200% de 2016 para 2017. Para este ano, a projeção também é de alta de 200%.