Estudo diz que convivência com gatos diminui risco de crianças terem asma

17/04/2018 às 10:11.

Foto: Thinkstock

Acredita-se que para proteger as crianças das alergias era necessário manter a casa livre dos animais de estimação e da poeira, mas estudos recentes tem comprovado que não é bem assim.

Realizada recentemente uma pesquisa do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, analisou as partículas encontradas nas casas de 442 crianças em um intervalo de 7 anos e descobriu que nas residências onde mais se encontra alérgenos de gatos, os pequenos têm menos chance de desenvolver asma. Além dos alérgenos provenientes do gato, a presença de partículas de barata e ratos nas residências também foi associada a um menor risco de desenvolver asma.

Porém manter a higiene da casa é essencial.