Ao Vivo

Estudantes fazem protesto após denúncia de estupro em universidade

10/05/2017 às 08:03.

Como já estava programado, os estudantes da Universidade Positivo (UP) protestaram, na noite desta terça-feira (9), pedindo por mais segurança no campus. Os pouco mais de 600 jovens se organizaram depois que uma denúncia de estupro dentro da universidade começou a ser investigada pela Polícia Civil.

Fotos: Lineu Filho

As aulas transcorreram normalmente no período da noite, mas a universidade não proibiu os jovens de se manifestarem. Com várias faixas, os alunos ficaram próximo a uma das entradas da UP, em frente ao grande auditório, que fica próximo ao local onde a jovem, de 19 anos, foi abusada. “Venho para estudar e não para ser estuprada”, “A culpa nunca é da vítima”, diziam os recados.

No começo da semana, os centros acadêmicos se encontraram com representantes da universidade e investigadores da Polícia Civil que acompanham a denúncia de estupro. Nessa reunião, pontos como a falta de iluminação e a segurança foram discutidos.

Fotos: Lineu Filho

 Em uma carta divulgada pelos centros acadêmicos, os estudantes afirmaram que o reitor José Pio Martins se posicionou informando que vai avaliar medidas para melhorar o campus e as ruas que estão próximas. O compromisso da diretoria da UP foi de que, já desde segunda-feira, haveria mais vigilantes rondando o campus.