Ao Vivo

Enjoo e fome excessivos na gravidez são sinais de um bebê saudável, diz médico

06/03/2019 às 17:08.

 

Mais do que um efeito natural da gestação, alguns sintomas incômodos dos primeiros meses podem ser sinal de que a saúde do feto está boa. A explicação é curiosa e ressalta a harmonia desse momento tão especial. Confira:

Enjoo e fome indicam gestação saudável

Segundo o obstetra Alberto d’Auria, do Hospital e Maternidade Santa Joana, mulheres que têm fome, enjoo e vômito no início da gravidez têm mais chance de ter uma gestação de sucesso.

A explicação é que tais reações só ocorrem perante uma produção hormonal saudável. “Vejo isso pela minha experiência. Se uma paciente me diz que não sente nada de diferente, peço exames para ver se está tudo bem com o bebê”, destaca.

Algumas pesquisas já relacionaram os fatos, como a publicada na revista científica Human Reproduction, que descobriu que enjoos matinais podem indicar uma gestação mais segura, já que o sintoma funcionaria como um mecanismo de proteção que impede bactérias e parasitas de chegarem até o feto.

Por que hormônios causam fome e enjoo?

O obstetra Alberto d’Auria explica que os hormônios essenciais para o início da gravidez são abastecidos pelo corpo-lúteo, espécie de glândula que procede o ovo fecundado.

Ainda por cima, as náuseas e os vômitos que ocorrem no período gestacional são ocasionados pelo hormônio gonadotrofina coriônica (HCG), que deixa a digestão mais lenta.
Fonte:   Vix