Ao Vivo

Empresários prometem manifestação contra fechamento de bares em Curitiba durante pandemia

15/06/2020 às 08:34.

Fábio Aguayo convoca manifestação contra fechamento de bares em Curitiba. Foto: reprodução / vídeo.

O setor de bares e casas noturnas será obrigado a fechar as portas a partir da segunda-feira (15), após novas restrições em consequência do Alerta Laranja de coronavírus emitido pela Prefeitura de Curitiba neste último sábado (13). Em consequência do fechamento, os representantes da categoria prometem realizar uma manifestação em frente à prefeitura, no Centro Cívico, nesta segunda-feira.

O presidente da Associação de Bares e Casas Noturnas do Paraná, Abrabar/PR, Fábio Aguayo, divulgou um vídeo nas redes sociais repudiando a determinação da prefeitura. “Não tivemos uma ajuda nesses três meses. Nós não vamos quebrar pela irresponsabilidade desse prefeito, nem da senhora Márcia [secretária de saúde]. Tá declarada toda a manifestação da nossa categoria. Vamos na frente da prefeitura a partir de segunda-feira”, afirmou Aguayo em vídeo.

Para o presidente da Abrabar/PR, o setor não pode ser classificado como atividade de risco. Os estabelecimentos do ramo haviam recebido, no dia 22 de maio, a autorização da Secretaria Municipal de Urbanismo para, se tivessem alvará de funcionamento com bar ou restaurante, reabrirem suas portas respeitando os protocolos da Vigilância Sanitária de prevenção ao coronavírus.

No entanto, muitos bares e restaurantes de Curitiba causaram aglomeração e frequentadores chegaram a estar nos espaços sem o uso de máscara. A prefeitura realizou diversas fiscalizações e a última, feita na sexta-feira (12), chegou a autuar 13 estabelecimentos.

Manifestação também de outras categorias

O protesto contra o fechamento de bares e restaurantes está programado para esta segunda-feira. Em vídeo, Fábio Aguayo convocou uma manifestação em frente a Prefeitura, no Centro Cívico, a partir das 14h.

Os empresários de bares e casas noturnas não foram os únicos que se manifestaram contra as novas restrições. Na noite deste sábado (13), frequentadores e donos de academias de Curitiba fizeram um protesto em frente ao prédio do prefeito Rafael Greca. Eles pediam a reabertura das academias, que também terão as atividades suspensas a partir desta segunda-feira.

Clubes sociais e recreativos, igrejas e templos religiosos e todas as atividades de entretenimento, como teatros, festas e atividades correlatas também estão suspensos por tempo indeterminado com a emissão do Alerta Laranja.

Casos de coronavírus em Curitiba

A SMS confirmou que mais quatro pessoas morreram nas últimas 24 horas e 59 pessoas tiveram seus diagnósticos confirmados. Agora, Curitiba tem 78 mortes pela covid-19 e 1.777 infectados. Destes, 504 deles precisaram de internamento durante o período de sintomas, mas apenas 167 seguem internados (71 deles em UTI). De todos os infectados, 1.263 já se recuperaram e não apresentam mais sintomas.

Via: Tribuna Do Paraná