Ao Vivo

Elefante grato reconhece veterinário que salvou sua vida 12 anos atrás

03/09/2021 às 08:49.

elefante selvagem reconheceu o veterinário que o tratou 12 anos atrás em um momento emocionante registrado pela câmera. Foto: Pattarapol Maneeon

Um elefante selvagem reconheceu o veterinário que salvou sua vida 12 anos atrás, numa cena comovente e emocionante.

Na foto, compartilhada nas redes sociais, é possível ver o elefante Plai Thang tocando a mão do Dr. Pattarapol Maneeon com a tromba, num gesto de gratidão.

Em 2009, o elefante foi encontrado numa floresta em Rayong, no leste da Tailândia. Plai estava com uma doença parasitária, tripanossomíase, que poderia matá-lo.about:blank

Escapou da morte

Quase sem chances de sobreviver, Plai Thang lutou contra febre, perda de apetite e anemia. O veterinário cuidou dele e o levou para a Organização da Indústria Florestal, em Lampang.

Lá ele recebeu atendimento dos funcionários do Departamento de Parques Nacionais, Vida Selvagem e Conservação de Plantas.

O animal ficou por lá durante vários meses e, quando ficou totalmente recuperado, foi solto na natureza novamente.

Reencontro

Este ano, o Dr. Pattarapol estava patrulhando a área e reconheceu o som distinto do elefante que curou há 12 anos.

Ele acenou para Plai Thang, que estendeu a tromba para cumprimentar o Dr. Pattarapol. O veterinário tem certeza de que Plai Thang o reconheceu.

“Lembro-me do som com muita clareza”, disse o Dr. Pattarapol. ‘O barulho de Plai Thang é único.’

“Plai Thang era muito agressivo quando nos conhecemos. Ele estava fraco e não podia lutar contra outros elefantes. Demorou muito para ele se curar, mas aprendemos que ele era muito inteligente”, conta o veterinário.

“Recentemente, nos encontramos novamente. Nos lembramos um do outro e nos cumprimentamos. Foi um momento muito especial”.

Mensagem

“Espero que esse registro incentive todos a valorizar o trabalho com os elefantes”, disse o Dr. Pattarapol, que publicou as fotos no Facebook.

Os elefantes são os animais oficiais da Tailândia e estima-se que haja de 3.000 a 4.000 no país.

Desse número, pelo menos metade é domesticada, enquanto o restante vive em reservas naturais.

Plai esta à beira da morte e foi levado para um santuário onde se recuperou Fotos: Pattarapol Maneeon
Plai esta à beira da morte e foi levado para um santuário onde se recuperou Fotos: Pattarapol Maneeon

Com informações do Daily Mail

Via: Só Notícia Boa