Durante um ano este homem passava em frente à casa de uma menininha e lhe sorria, até que…

07/03/2017 às 18:10.

Às vezes as amizades mais belas começam com o menor gesto. Para um meiga menina de Bloomington, Indiana, chamada Brooklyn, começou com um simples cumprimento.

Todas às quintas-feiras, durante um ano, ela esperava fora de sua casa a chegada do Delvar, o homem do caminhão do lixo. O que Brooklyn e sua mamãe não sabiam era o quanto Delvar esperava ver seu rosto sorridente, mas na manhã do aniversário de Brooklyn estavam a um passo de descobrir.

Antes só chegaram a ver Delvar de longe, mas no dia que se conheceram pessoalmente, nasceu um vínculo que certamente nunca terminará.

O encontro foi tão especial que um post no Facebook relata a história:

As quintas-feiras são o dia favorito da minha filha: é o dia que passa o caminhão do lixo.

Há um ano, Brooklyn tem esperado ansiosamente a chegada do caminhão do lixo na nossa casa.

Ela começou dando tchau da janela, depois quis sair na calçada para cumprimentar o motorista, e quando alguma vez não conseguimos estar em casa a tempo, ela dava um jeitinho de procurar na vizinhança pelo caminhão do lixo.

Toda quinta me emociono quando vejo a alegria que nosso admirável homem do lixo traz à Brooklyn quando ele a sorri e ela não deixa de cumprimentá-lo.

E hoje, finalmente chegamos a conhecê-lo!!!

Brooklyn e eu guardamos um dos seus cupcakes de aniversário e o esperamos.

Quando o caminhão apareceu na nossa rua, minha filha correu na esquina. Estávamos o cumprimentando como de costume e eu fiz um sinal para que ele viesse. Ele parou, saiu e nos deu um grande sorriso.

Brooklyn ficou muda quando lhe entregou o cupcake.

Lhe expliquei que ele faz com que todas as nossas quintas sejam especiais, pois a Brooklyn fica muito feliz em vê-lo passar.

Então ele amoleceu o meu coração com a sua resposta, pois ele me explicou que todas as quintas também volta para nos ver.

Ele disse que tem uma reunião todas as quintas-feiras pela manhã e sempre trata de sair de lá a toda pressa para que possa garantir de nos ver cada semana.

Ele disse que não tem filhos, mas é mentor de várias crianças e simplesmente os ama. Não posso acreditar que nunca lhe perguntei seu nome, por isso que, por hora continuará sendo “nosso incrível sorridente motorista do caminhão do lixo”.

Depois que ele se foi, fomos para a creche. Brooklyn estava estranhamente calada no banco traseiro. A perguntei se estava bem e ela disse: “Mamãe, estou muito feliz”.

Assim como o “nosso incrível sorridente motorista do caminhão do lixo”.

OBRIGADA!

Obrigada pela alegria que você leva à Brooklyn toda quinta-feira pela manhã, por fazer o seu aniversário especial e por fazer feliz o meu coração.

Pode ser uma pequena coisa a que você faz, mas significa muito para nós!

Obrigada, Delvar, pela sua gentileza e seu serviço à cidade!

Via:Perfeito